Wednesday, May 27, 2015

Como se Tornar um Adolescente Milionario

Ângela e Clarisse estudam na mesma classe e dividem um apartamento. As duas amigas são tão parecidas, que a gente somente não diz que elas são gêmeas, por causa da diferença na cor de sua peles.
Enquanto elas estavam no "Starbucks" conversando sobre o tema  do trabalho para o encerramento do semestre; sobre um capitulo do livro que elas leram; elas ouviram um casal funcionários da faculdade, dizendo que eles haviam recebido uma doação de umas crianças ricas, para dar aos alunos mais necessitados.
Ao retornarem para sala de aula. A diretora entrou na sala, procurando por alguém que fosse pobre e que estava necessitando de ajuda.
Impulsivamente a Clarisse levantou as mãos. A diretora a colocou na lista, avisando que o secretário escolar iria visita-la.
A Clarisse começou a pensar em como ela iria justificar o apartamento em que morava, e todas as coisas que ela possuía que não poderia ser considerado coisas de pobre.
Clarissa e a amiga passaram a noite criando uma história de pobreza.
No outro dia seguinte ela foi escolhida pela a junta escolar.
E  ela descobre que ela participara do programa que a apresentadora Oprah esta produzindo sobre os jovens milionários.
A produção montou uma mesa com cerca de 21 adolescentes que se tornaram milionários.
Farrah Gray  tinha apenas 6 anos de idade, quando ele teve a idéia para seu próprio negócio. Gray começou a fazer loções para o corpo, que ele iria vender ao povo em sua cidade natal. Depois de alcançar relativo sucesso nas vendas ao longo dos próximos sete anos, Gray começou uma companhia conhecida como Farr-Out Foods. Mesmo tendo apenas 14 anos, a empresa de Gray tinha mais de US $ 1 milhão em vendas, os lucros de seus empreendimentos comerciais o tornou o mais jovem milionário.
Desde a fundação da Farr-Out Foods, Gray  publicou três livros, "Reallionaire", "Get Real, Get Rich" e "The Truth Shall Make You Rich". Gray também vai as escolas contar a sua história sobre como ele se tornou um milionário, na esperança de inspirar as crianças a iniciar seu próprio negócio.

                                       Akrit Jaswal, ($1 milhão) (3 milhões de reais)
Akrit Jaswal, considerado um gênio de nascimento; realizou uma cirurgia em seu vizinho quando tinha apenas 7 anos de idade.  Aos 12 anos ele recebeu seu diploma de graduação, e seu mestrado aos 17 anos de idade. Ele disse que ira descobrir como  erradicar o câncer.


Cameron Johnson se tornou-se milionário antes de se formar no ensino médio.
O primeiro negócio de Cameron em 1994  foi cartões de convite. É um conceito simples, mas para um menino de nove anos de idade normalmente não têm os meios para ver um projeto como esse a ser concretizadas. Dois anos depois disso, Cameron começou a sua própria empresa, Elogios e lágrimas, e encontrou ainda mais o sucesso.
Durante sua adolescência, ele abriu um total de 12 empresas. Aos 15 anos, Cameron esteve a cargo de uma empresa multinacional que era sediada em Tóquio, no Japão. Cameron ainda é sucesso até hoje. Sua história é uma  prova que você pode começar com uma idéia, fazer dinheiro com isso, e se ramificam em uma centena de direções diferentes.


      Malala Yousafa ($3 milhões) ($9 milhões de reais)
Na América do Norte, as mulheres têm as mesmas liberdades que os homens; no entanto, no Paquistão, país natal de Malala , este não é o caso. As meninas foram impedidas de frequentar a escola pelo Taliban, mas Malala se recusou a deixá-los entrar em seu caminho. Malala com 11 anos  começou um blog para os direitos das mulheres no Oriente Médio.
Depois de um ataque a Malala e suas crenças, ela ficou com ferimentos na cabeça e no pescoço durante um tiroteio, mas só a fez mais forte. Malala foi a mais jovem a receber o Prêmio Nobel da Paz. Agora Malala ainda está lutando pelos direitos das mulheres na mundo.


             Tavi Gevinson ($250,000) ($750,000)
Tavi  é um escritora, editora da revista, atriz e cantora americana. Tavi veio a atenção do público com a idade de doze anos por causa de seu  blog de moda Style.
O site foi criado para  adolescentes que precisam de conselhos para a vida.
 Ela já ampliou seus talentos para os mundos de agir e de política. Com muito a dizer, ela certamente veio para ficar no olho do público.


Robert Nay é um outro garoto prodígio. Aos 14 anos, ele não tinha experiência de codificação. Ele aprendeu a escrever código na biblioteca. Em um mês, Nay já teve 4.000 linhas de código escritos para sua bola de jogo da bolha. Uma vez terminado, ele colocou o aplicativo on-line para livre acesso com a Apple. Em duas semanas, o jogo teve mais de um milhão de downloads e Bubble Ball acabaria por destronar os insanamente populares Angry Birds como o jogo mais baixado na App Store gratuitamente. Em um período de duas semanas, o jogo iria gerar quase US $ 2 milhões em renda para Robert.


Sean Belnick ($42 milhões) ($126 milhões de reais)
O foco principal de adolescentes de 14 anos  normalmente envolve; jogos de vídeo, ou quanto dinheiro eles têm para gastar no shopping. Sean estava interessado em algo que ninguém da sua idade estava o mobiliário. Ele criou um site para vender móveis, conhecido como "bizchair.com". Ele subiu a novas alturas quando os indivíduos e as empresas começaram a comprar móveis a preços surpreendentes.


Tyler Dikman ($ 3,7 milhões) ($10 milhões de reais)
Ele  tinha apenas 15 anos quando criou a sua idéia fantástica. Tyler foi o criador do CoolTronics, uma empresa que deu consultoria a empresas e mostrou aos funcionários como para navegar no sistemas da web.  Bem, isso aconteceu em 2000, quando a internet era relativamente nova, portanto, a empresa foi capaz de ganhar dinheiro com treinamento de usuários para pesquisar na web em todo o mundo.


Fraser Doherty um empresário escocês, é o CEO da 'SuperJam'. Ele começou seu negócio de uma forma bastante tradicional  aos 14 anos na cozinha de casa usando a receita de sua avó. Ele tornou o seu negócio com sucesso a um novo patamar expandindo sua base de clientes de seus amigos e vizinhos para cerca de 184 lojas Waitrose no Reino Unido
Negócios: Os varejistas no Reino Unido (SuperJam)
 Tyler Dikman
Em 2000, com a tenra idade de 15, Tyler fundou a "CoolTronics" principalmente para vovós para ensinar a navegar na Internet. Dentro de dois anos, ele começou a ganhar US $ 1 milhão.
Hoje," CoolTronics" evoluiu para uma consultoria de tecnologia de prestação de serviços, com treinamento em tecnologia, segurança, networking, desenvolvimento da web,  servidor para pequenos negócios e muitos mais.
Em 2008, na idade de 24 anos, Tyler foi destaque na revista Business Week entre os melhores jovens empreendedores da América.


John Magennis
No ano de 1994, aos 14 anos John, um programador autodidata, começou sua carreira como um web designer e iria cobrar apenas US $ 15 para criar um site para uma empresa. Dentro de curto período, com a crescente demanda, ele começou a cobrar até US $ 30.000 para um único site. Em menos de dois anos, ele começou a ganhar meio milhão de dólares por ano.


Catherine e David Cook
Catherine tinha apenas 15 anos quando ela e seu irmão David Cook desenvolveu myYearbook, um site de rede social para adolescentes. Em 2005, eles obtiveram a ajuda de seu irmão mais velho, Jeff, que investiu US $ 250.000 para a sua manutenção. O site foi lançado no mesmo ano e logo se tornou o terceiro local mais popular de redes sociais nos EUA.
Em junho de 2012, myYearbook foi rebatizado  MeetMe.


Jon Koon
Ele fez o seu primeiro bilhão aos 30 anos, mas deve-se notar que o seu primeiro milhão foi feita antes dele completar 16 anos.
Em uma idade muito jovem, Koon abriu Motorsports, uma loja de pós-mercado de autopeças. A loja se tornou um nome da casa-hold após o programa MTV "Pimp My Ride" começou a usar os negócios do Jon como o fornecedor de peças exclusivas. Uma vez na faculdade, Jon expandiu o seu negócio para a indústria transformadora no exterior, que distribui para mais de 20 países.


Ashley Qualls
Em 2005, com a idade de 14 anos, Ashley lançou seu site chamado "Whateverlife.com" que proporcionaria MySpace layout livre e tutoriais sobre como fazer desenhos gráficos e codificação de seus layouts de modelos favoritas. Até o final de 2007, quando a popularidade do MySpace era grande, WhateverLife iria atrair 7 milhões de visitantes únicos por mês. Segundo alguns relatos, Ashley fez perto de US $ 2 milhões do seu website.
Em 2015 a empresa tem uma receita de US$20 milhõesEm torno de $60 milhões de reais.


Chris Phillips é um empresário com um patrimônio estimado de USD 82 milhões( $ 246 milhões de reais) a partir de 2014. Ele é mais reconhecido como  diretor executivo da "Just Develop It "
No ano de 2002, com a idade de 17 anos, Chris criou um site chamado Dot5hosting e dentro de dois anos o seu ganho ultrapassou a marca de um milhão de dólares.  Eventualmente, ele vendeu a empresa para AIE, que o fez  um dos adolescentes mais ricos com menos de 20 anos.



Nick D' Aloisio ($30 milhões) ($ 90 milhões de reais)
A sociedade de hoje está constantemente em movimento. As pessoas recebem alertas de ações e-mails diretamente para seus Smartfones, e fazem compras na Internet em vez de realmente ir à loja. Uma coisa que ninguém considerou, porém, foi  que nós precisamos  saber das notícias imediatamente.
Isto é como a idéia para empresa originou. Summly é um app que leva artigos de notícias de todas as  fontes mais respeitáveis da web e condensa-os.  O que é ainda mais surpreendente é que Nick  teve essa idéia, quando ele tinha apenas 17 anos de idade. Depois Nik decidiu vender Summly para a Yahoo, ele recebeu $ 30 milhões por sua criação.


Matt Wegrzyn
Na tenra idade de 17 anos, Matt começou comprando e vendendo domínios.
Hoje, com a idade de 23, Matt ainda está comprando e vendendo domínios alguns dos quais ele vende na faixa de US $ 30.000 e US $ 50.000

Missy Franklin ($ 5 milhões) ($ 15 milhões de reais)
Durante os jogos de 2012 com 18 anos de idade Missy  se tornou uma estrela. Com um total de seis medalhas de ouro. Depois de ser nomeado Atleta do Ano. Todo mundo queria um pedaço de Franklin depois de suas realizações, o que levou à sua fortuna, fama e sucesso contínuo.

Adam Hildreth
Na idade de 17, Adam começou um site de rede social e nomeou- "Dubit Limited". Inicialmente, era exclusivamente para as pessoas que vivem no Reino Unido. E Demorou menos de um ano para torná-lo o maior site de redes no país. Em 2005, aos 20 anos de idade, Adam, junto com Peter Maude, fundou outro site de tecnologia chamado "crispthinking.com" para monitorar e proteger as crianças. E, mais tarde, ele levou seus serviços a empresas da " Fortune 500". Hoje, Crisp protege 380 milhões de usuários on-line em todo o mundo. Ele estava entre os 20 adolescentes mais ricos do Reino Unido.

Ionuț Alexandru Budișteanu ($500,000) ( Um milhão e meio de reais)
Uma das mais recentes tendências no mundo da tecnologia é o uso de carros de auto-condução. Estima-se que dentro de  algumas décadas, esses carros serão capazes de transportar passageiros com segurança através das estradas mais movimentadas da América, sem entrar em acidentes com o outro. Ionut , da Romênia, é um dos pioneiros do carro que dirige.
Enquanto estes carros estão custando a empresas de tecnologia mais de 70 mil dólares para fazer, ele  foi capaz de construir um por apenas US $ 4.000.  A Intel ficou tão impressionado com a capacidade dele de fazer o carro tão funcional por um preço tão baixo que ele ganhou o primeiro lugar em uma feira de engenharia. Isso não foi tudo o que ele recebeu, Agora ha um planeta menor no Cinturão de Asteróides, que é nomeado após esta criança prodígio.

Jordan Maron é um YouTube famoso que atende pelo nome de Capitão Sparklez. Seu canal Capitão Sparklez no YouTube foi lançado quando ele 18 anos de idade.
Até o momento, ele é uma das estrelas mais rentáveis do YouTube, com milhões de assinantes, milhares de milhões de pontos de vista, e um patrimônio de US $ 8,2 milhões.
Antes deles começarem a gravar o programa, a Oprah começa a fazer uma entrevista piloto com Clarisse. A Clarisse começa a criar justificativas para a pobreza dela, família, raca, educação..
Ela diz a Clarisse que ela não pode mentir, senão o publico não acreditara, mais nela e ela sera perseguida e punida por ter mentido.
Neste momento Clarisse joga sua cartada final.
- " Olha eu não dirijo!" Para Clarisse não dirigir num pais onde  até as crianças dirigem é um sinal de pobreza.
- "Como você não dirige?" Perguntou Oprah para Clarisse, sentido desprezo em vez de compaixão.
Estes adolescentes começaram a dirigir a vida deles....E se tornaram milionários


O Começo das Crianças- The Startup Kids é um documentário sobre jovens empresários da internet dos Estados Unidos e da Europa. Ele contém entrevistas com os fundadores do Vimeo, Dropbox, SoundCloud, Debito , entre outras, que falam sobre como eles começaram suas empresas e suas vidas como empreendedores. No decorrer do documentário, pessoas do cenário tecnológico falam sobre o ambiente startup, incluindo o capitalista de risco Tim Draper e MG Siegler, blogueiro de tecnologia do TechCrunch.
O filme foi feito por duas empreendedoras islandesas, Vala Halldorsdottir e Sesselja Vilhjalmsdottir, que fundaram sua primeira empresa pouco depois do colapso econômico da Islândia e quiseram motivar outras pessoas jovens a se tornarem empreendedoras.

O documentário está disponível em DVD ou para download no iTunes , e recebeu nota 6,6 de 10 no IMDb (Dezembro de 2012)
Alexander Ljung é CEO e co-fundador do SoundCloud. Ele nasceu na Suécia e se formou no Instituto Real de Tecnologia de Estocolmo onde estudou interação humana-computador. Ele conta que ao criar o SoundCloud, ele e seus colegas estavam muito empolgados em usufruir do produto, e não imaginavam o impacto que o empresa teria na internet e no mundo. Alexander e sua equipe viram em Berlim um lugar com potencial criativo e lá montaram seu primeiro escritório em 2007. Ele define seu começo como uma inicialização de inicialização , pois em seu início era capaz de se manter sem investidores devido aos custos baixos.
Ben Way (28/09/1980) cresceu na Inglaterra. Ele sofria de dislexia e aos 9 anos recebeu um laptop para auxiliar em seu aprendizado. Aos 15 anos, começou uma consultoria de informática; aos 17 anos, arrecadou uma fortuna de 20 milhões de dólares e aos 20 anos perdeu todo o dinheiro. Apesar da perda, Ben seguiu em frente e em 2003 fundou a Rainmakers.
Brian Wong, (nascido em 14 de abril de 1991) um canadense que cresceu em Vancouver, começou sua carreira de empreendedor como freelancer de web design e aos 18 anos terminou sua graduação e se mudou para São Francisco, decidido a buscar oportunidades no Vale do Silício. Ele tinha 19 anos quando recebeu investimento e criou o Kiip.
Jessica Mah é CEO e co-fundadora do inDinero. Ela começou a programar aos 13 anos e, tendo em vista seu interesse em fazer seus próprios jogos e sites, sua mãe a incentivou a fazer seu próprio negócio. Com isso, Jessica começou a ganhar dinheiro vendendo seus serviços de programadora. Aos 15 anos, terminou o ensino médio e foi para a Universidade da Califórnia em Berkeley, onde estudou ciência da computação. Na faculdade, ela conheceu Andy Su, junto a quem começou a criar o que viria a se tornar o inDinero.

Leah Culver (5 de novembro de 1982) é CEO e co-fundadora do Grove. Ela cresceu em Minnesota e começou a se interessar por programação quando tinha 15 anos, quando começou a fazer páginas de internet em HTML. Sua mãe era designer gráfico e ela pretendia seguir a mesma carreira. Quando terminou sua graduação na faculdade, ela se mudou para São Francisco, onde trabalhou em algumas startups até que decidiu criar a sua própria. Sua primeira startup, Pownce, teve sucesso, foi vendida e posteriormente foi encerrada. Mas ela seguiu em frente e criou o Grove.
Zach Klein (26 de setembro de 1982) é co-fundador do Vimeo. Ele começou sua carreira em São Francisco durante a faculdade criando o site CollegeHumor junto a alguns colegas. Depois da graduação, em 2004, ele e seus parceiros se mudaram para Nova Iorque, onde a equipe do CollegeHumor cresceu. Posteriormente, Zach e um dos co-fundadores do CollegeHumor criaram o Vimeo. Em 2006, a IAC adquiriu o CollegeHumor e o Vimeo. Em 2008, Zach decidiu deixar a companhia.


Friday, May 22, 2015

Ritual Xamanico - O Que Da a Luz! Deve Suportar o Fogo.

O meu mundo estava em ruínas, e eu estressada. aflita e desesperada. Neste difícil , coincidentemente,  eu me encontrei com o Xamã  Inti Roman no centro velho de São Paulo. Ele me disse:
-  " Thillai  o chá esta te chamando!"
No próximo sábado,numa noite de estrelas, eu  fui ao ritual do Chá, que ocorreu num local próximo da querida Avenida Paulista. 
Ao chegar ao ritual eu vi que o Roman havia feito uma belíssima fogueira, e que havia mais 16 pessoas presentes no ritual. A fogueira me fez recordar minha infância numa fazenda do estado do Mato Grosso do Sul, no sertão,  com onças pintadas, céu estrelado, muito mato verde e dois rios. Nesta fazenda eu cresci divinamente, as minha noites eram em  volta de fogueiras, ouvindo musica  e histórias.Que me faziam ir dormir embalada em felicidade.
Mas ali não era mais o sertão, e nem eu  era mais criança. Apenas uma mulher na idade da loba querendo se livrar dos problemas e quem sabe voltar a dormir relaxadamente, como eu dormia enquanto criança.
Ao chegar ao evento, eu disse ao Roman:
- " Roman eu vim porque quero saber porque estou passando por tantos problemas,"
- " Thillai  é a vida!" O  Roman me respondeu com um sorriso sábio nos lábios.

Eu te convido para você vir comigo nesta viagem xamanica!

O ritual começou. E logo o chá me mostrou como eu construí meu Karma negativo, em algumas de minhas vidas passadas!
Eu me vi numa vida onde eu era um menino no continente africano. Eu estava brincando com meu melhor amiguinho, e sugeri que nós pulássemos  de um lado para o outro de uma grande cachoeira.
Eu pulei primeiro, conseguindo atravessar para o outro lado, mas na vez de meu amiguinho pular, ele não conseguiu atravessar. Eu não dei a minha mão a ele na intenção de salva-lo, porque instantaneamente, eu percebi que se  desse a minha mão. Nós dois morreríamos. Então ele caiu na cachoeira!
Depois eu me vi como um poderoso clérigo da igreja católica na Europa medieval, e tinha um homem que estava desafiando o meu poder. Então com as minhas acusações contra ele; eu consegui que ele fosse queimado vivo em uma fogueira.
Quando os soldados o colocaram na fogueira, e enquanto ele estava se queimando. Eu fiquei olhando sentado em minha cadeira  usufruindo o prazer do meu poder.
Em outra vida eu era uma bailarina na Índia. Desta vez não me vi causando a morte de ninguém, somente vivendo na Índia.
Depois do ritual, eu e os outros participantes do mesmo ritual,  nos sentamos a volta da fogueira. E eu fiquei  ali a volta da fogueira me esquentando e me iluminando com a sabedoria milenar do fogo rei!

O Poder da Sabedoria

Para fazermos uma fogueira nós precisamos colocar lenhas, tem vezes que colocamos lenhas que têm pregos, e esses pregos não podem ser dissolvidos pelo rei fogo. Podemos fazer fogaréus ou fogueiras gigantes.
Agora Imagine que a nossa vida seja como uma fogueira e que a lenha  representa os nossos desafios diários.

Os Fogaréus

Os fogaréus só precisam de pouca lenha. Uma vida comum para existir somente necessita de poucos desafios.
As pessoas que vivem vidas fogaréus: são as pessoas que levam uma vida rotineira, entra ano e sai ano, a vida continua na mesmice, a mesma cidade, o mesmo emprego, os mesmos amigos, a mesma religião, as tradicionais e confortáveis crenças. Essas pessoas ficam acompanhando a vida dos grandes realizadores pelos jornais, revista e pela TV. Elas pensam que essas pessoas são importantes e eles nada, apenas um João ninguém. Elas acreditam em tudo que os "poderosos" dizem.

As Fogueiras Medianas

As fogueiras medianas. Essas são as pessoas que um dia sonharam, realizaram algo e estão felizes com estas pequenas realizações. Um dia eles foram os rebeldes, os hippies. Eles não são tao inocentes, como os "fogaréus". Mas aprendem a jogar o jogo do sistema. Eles leem os jornais, assistem TVs, sobre as pessoas realizadores. Eles sonham em um dia ser como uma delas. Mas não querem abandonar a zona de conforto. Nem pensem em arriscar o que construíram "com tanto sacrifício". Eles morrem com mais frequência de doenças do coração ou tem doenças cronicas como diabete, ou dor nas costa. Enquanto acreditam que os medicos e a nova tecnológica irão faze-los viver mais.

As Fogueiras Enormes

As fogueiras enormes tem grandes e muitos desafios (lenhas), alguns veem com pregos, apesar de resolver os problemas e as dificuldades, as marcas ficaram para sempre.Essas são as pessoas com coragem de enfrentar  novos desafios,crenças e mudanças. Elas nunca reclamam, mas agradecem. Porque ondem outros veem problemas, eles veem oportunidades.
Ayrton Senna era tão grande que um pais inteiro se aquecia da luz dele. Mas porque a fogueira do Ayrton se apagou? Tem vezes que o que fazemos não nos da mais prazer, queremos novos desafios.  Mas não temos coragem de abandonar o seguro, pensamos nos nossos fãs, na nossa família,  nos nossos compromissos. E não seguimos nosso coração (espirito), preferimos a responsabilidade de continuar sendo a grande figura para os outros.
A água da grande chuva pode destruir completamente o fogo de uma fogueira. Porem antes da chuva cair, o tempo começa a mudar, muitas vezes ficando completamente escuro. No momento que nós percebemos os sinais da mudança meu amigo é hora de ouvirmos nossa intuição, e seguir o nosso coração.
No dia que o fogo dele apagou completamente o espírito dele nem queria estar naquela corrida. Provavelmente o Ayrton não queria mais os velhos desafios. Mas como não queria decepcionar fogaréus e fogueiras medianas, não seguiu o espírito dele.Noutras vezes a chuva cai fraquinha, não podendo nos destruir completamente, apenas diminui nosso fogo, para nós nos recolhermos, para nos prepararmos para os novos desafios.
Finalmente o ritual terminou e o Inti Roman me perguntou:
- " E ai Thillai como esta se sentindo em relação aos problemas da vida? "
- " Roman ao chegar aqui, eu não estava aceitando meus problemas. a chuva de granito estava destruindo meu pequeno fogo. Agora nada mais me estressa, porque sei que é hora de deixar o que construí até agora e partir para novos desafios que virão.Agora eu me sinto feliz e agradeço a todos os meus problemas ou melhor dizendo desafios. Eu respondi feliz
Deste de criança eu tenho um sentimento de que nasci para ser uma grande fogueira. Eu cheguei a ser uma fogueira mediana, sei que colaborei para profundas mudanças em vidas de pessoas que talvez nem nascerão ainda. Mas aquilo que um dia já tinha sido minha razão de viver, já não estava mais me satisfazendo. Neste momento estou me sentindo como uma pequena menina, tendo que recomeçar do ponto zero. A chuva de granito apagou grande parte do meu fogo, mas não o destruiu. E agora estou pronta para recomeçar com novos desafios. Estou reaprendendo a falar e entender uma nova linguá. Eu estou descobrindo um mundo novo.
Uma grande líder sempre terá grandes desafios, e apreciara a oportunidade de aprendizagem e crescimento. E eu estou decidida a iluminar e aquecer o mundo com o meu calor e a minha luz.



Revolução Tecnológico e Humana

Em torno de 1890 começou a nossa grande revolução tecnológica. As pessoas não queriam mas viver na escuridão, se criou a eletricidade.
Elas queriam viajar a lugares distantes em curto tempo, foram inventados o carro, o avião e o foguete.
As pessoas desejavam se comunicar mais rapidamente com as pessoas que se encontravam a distancia; então a sociedade criou o telefone.
E as mulheres não queriam mais o espatilho se criou o jérsei.
A humanidade avançou o que não havia avançado por séculos. Nomes como: Albert Einstein, Channel  e Santos Dumont; ficaram na história.
Alguns utilizaram todo esse desenvolvimento tecnológico para destruição, outros para ficarem multimilionários, outros para fazerem a vida mais fácil rápida e confortável.
Apesar da tecnologia ter afetado muitas vidas, muitos não tiveram grande acesso a ela.
Em torno de 1960 começamos outra revolução: A Revolução Humana.
Talvez estejamos totalmente perdidos sem saber o que essa revolução no fará ou aonde nos levará. Nós  compramos livros de auto ajuda, mudamos de religião, assistimos reality shows.
Hoje nós não queremos viver os velho modelo social tradicional, tão conhecido e seguro, mas que não nos preenche mais. Parece que estamos fazendo tudo errado, reinando a insatisfação no fundo do nosso coração que por sinal não confiamos. .Nós não sabemos qual o caminho que devemos seguir e se o caminho escolhido valerá a  pena.
Por que arriscar? Porque amar? Quem sabe se ficarmos quietinhos, não sofreremos. Todavia se não arriscarmos e mudarmos, como poderemos saber o resultado? Do mesmo jeito que a revolução tecnológica não foi igual para todos, a revolução humana também não o será.