Google+ Badge

Wednesday, June 24, 2015

A Africa e os Africanos Retratados em Filmes Biograficos


Africa do Sul

Winifred "Winnie" Zanyiwe Madikizela-Mandela nascida Nomzamo ("Ela que tenta")   em 26 de Setembro 1936. Winnie é uma, política e ativista sul-africana, que ocupou vários cargos no governo e dirigiu a Liga Nacional das Mulheres do Congresso Africano. Ela é um membro do Comitê Executivo Nacional do ANC. Ela ficou mundialmente conhecida como esposa de Nelson Mandela durante o período da prisão do líder sul-africano. Com a libertação deste, escândalos de seu envolvimento em crimes e de infidelidade causaram a separação do casal e uma consequente perda de prestígio.
Winnie Mandela (2011) direção de Darrel Roodt


Nelson Rolihlahla Mandela ( 18 de julho de 1918 —  5 de dezembro de 2013) foi um advogado, líder rebelde e presidente da África do Sul de 1994 a 1999, considerado como o mais importante líder da África, vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1993, e pai da moderna nação sul-africana, onde é normalmente referido como Mandiba (nome do seu clã) ou Tata ('Pai').
Mandela (1987) é um filme americano  dirigido por Philip Saville e escrito por Ronald Harwood. As estrelas de cinema Danny Glover como Nelson Mandela e Alfre Woodard como sua esposa Winnie. 
Mandela Longo Caminho Para Liberdade 2013 (EUA) Direção: Justin Chadwick
Adaptação de: Longa Caminhada Até a Liberdade
 É uma cronica sobre Nelson Mandela a partir da sua vida rural até ele se tornar o primeiro presidente da Africa do Sul democraticamente eleito.

Mandela: A Luta Pela Liberdade - 2007 (EUA) Direção: Bille August Autores: James Gregory, Bob Graham
O filme narra a história de uma guarda branco racista, que mudou profundamente pela convivência de vintes anos com o Nelson Manela, enquanto este ainda era um prisioneiro.
Invictus (2009) dirigido por Clint Eastwood, estrelado por Morgan Freeman, nomeado para um Oscar de Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante. A história é baseada no livro: Jogando o Inimigo: Nelson Mandela e o Jogo que fez a Nação de John Carlin.
Em 1990, depois de 27 anos passados ​​na prisão, Nelson Mandela é libertado. Quatro anos depois, Mandela é eleito presidente da África do Sul. A sua presidência enfrenta enormes desafios na era pós-Apartheid, incluindo a pobreza galopante e o crime. Mandela está particularmente preocupado com as divisões raciais entre negros e brancos sul-africanos, que podem levar à violência. A má vontade que ambos os grupos, mantêm uns contra os outros é vista até mesmo em sua própria equipe de segurança, onde as relações entre os oficiais brancos já estabelecidos, que havia guardado antecessores de Mandela, e as adições de negros do CNA para o destacamento de segurança, são frias e marcada por desconfiança mútua.
               Nelson Mandela interpretado por Morgan Freeman
Ao atender a um jogo da equipe do país da união do rugby, Mandela reconhece que os negros no estádio torcem contra seu time em casa. Ele observa que ele fez o mesmo enquanto estava preso. Sabendo que a África do Sul está pronta para sediar a Copa do Mundo de Rugby de 1995 no período de um ano, Mandela convence numa reunião, os negros recém nomeados para o  Comitê Sul-Africano de Esportes a apoiar os Springboks. Em seguida, ele se reúne com o capitão da equipe de rugby Springboks, François  (Matt Damon), e sugere que uma vitória dos Springboks na Copa do Mundo irá unir e inspirar a nação. 
Mandela compartilha com François   poema, que o inspirou durante seu tempo na prisão.
"Invictus", do poeta William Ernest Henley 
Do fundo desta noite que persiste
A me envolver em breu - eterno e espesso,
A qualquer deus - se algum acaso existe,
Por mi’alma insubjugável agradeço.

Nas garras do destino e seus estragos,

Sob os golpes que o acaso atira e acerta,
Nunca me lamentei - e ainda trago
Minha cabeça - embora em sangue - ereta.

Além deste oceano de lamúria,

Somente o Horror das trevas se divisa;
Porém o tempo, a consumir-se em fúria,
Não me amedronta, nem me martiriza.

Por ser estreita a senda - eu não declino,

Nem por pesada a mão que o mundo espalma;
Eu sou o senhor de meu destino;
Eu sou o comandante de minha alma.


 Mandela e de Klerk - Mandela and de Klerk (1997) é um filme estadunidense dirigido por Joseph Sargent. Foi estrelado por Sidney Poitier e Michael Caine, o longa é baseado na vida de Nelson Mandela e F. W. de Klerk, seu vice presidente.
Frederik Willem de Klerk ( 18 de março de 1936) foi presidente da África do Sul de setembro de 1989 a maio de 1994, tendo sido o último branco a ocupar o cargo. Ele foi também o líder do Partido Nacional, de fevereiro de 1989 a setembro de 1997


Nelson Mandela Redesenhado - Redrawn
Um maravilhoso e imperdível documentário incluindo comentários por Bono, Bill Cosby, Richard Branson. 

Stephen Bantu Biko (18 de dezembro de 1946 - 12 de setembro de 1977) era um ativista anti-apartheid da África do Sul na década de 1960 e 1970. Líder estudantil, fundou o Movimento da Consciência Negra , que capacitava e mobilizava grande parte da população urbana. Desde sua morte sob custódia da polícia, ele foi chamado de mártir do movimento anti-apartheid. Enquanto vivia, seus escritos e ativismo tentou capacitar as pessoas, e era famoso por seu slogan "Negro é bonito", 
Um Grito de Liberdade É um filme sobre o ativista Steve Biko e sua amizade com o jornalista branco Donald Wood. O filme investiga os pensamentos de corrupção politica , discriminação e as repercussões da violência.
Donald James Woods (15 de dezembro 1933 - 19 Agosto de 2001) foi um jornalista Sul-Africano e ativista anti-apartheid. E se tornou o primeiro cidadão privado a abordar o Conselho de Segurança das Nações Unidas.
Amandla: Uma Revolução em Quatro Partes Harmônicas - Amandla a Revolution in Four-Part Harmony (2002)
É um documentário divino  que levou nove anos para ser feito, que mostra a luta dos sul africanos contra o Apartheid através da musica. A palavra Amandla significa poder na língua dos povos Zulus e Xhosas. 

 Sobre o Céu da Africa Under Africa Skies (2012) Paul Simon retorna à África do Sul para explorar a viagem de seu álbum Graceland, incluindo o retrocesso político que recebeu por supostamente quebrar o boicote cultural das Nações Unidas da África do Sul projetado para acabar com o regime do Apartheid.
Diretor: Joe Berlinger, Estrelas: Paul Simon, Maya Angelou, Okeyerama Asante
O Chamado de Deus de Angus Buchan

                                                  Angola


Njinga - Rainha de Angola (2013) Dirigido por: Sérgio Graciano
 Rainha N'Zinga nasceu Nzinga Mbande Cakombe (c. 1582 —  17 de dezembro de 1663), foi uma rainha (Ngola) dos reinos do Ndongo e de Matamba, no Sudoeste de África, no século XVII. O seu título real na língua kimbundu, Ngola, foi o nome utilizado pelos portugueses para denominar aquela região.

Nzinga viveu durante um período em que o tráfico de escravos africanos e a consolidação do poder dos portugueses na região estavam crescendo rapidamente. Era filha de Nzinga a Mbande Ngola Kiluaje e de Guenguela Cakombe, e irmã do ngola Ngola Mbandi, que, tendo se revoltado contra o domínio português em 1618, foi derrotado pelas forças sob o comando de Luís Mendes de Vasconcelos. 


O seu nome surge nos registos históricos três anos mais tarde, como uma enviada de seu irmão, numa conferência de paz com o governador português de Luanda. Após anos de incursões portuguesas para capturar escravos, e entre batalhas intermitentes, Nzinga negociou um tratado de termos iguais, converteu-se ao cristianismo para fortalecer o tratado e adotou o nome português " Ana de Sousa".


Luanda, a Fábrica da Música (2009) é um documentário musical sobre o kuduro dirigido por Inês Gonçalves e Kiluanje Liberdade. No meio de um musseque de Luanda, o DJ Buda é dono de um estúdio de gravação. Os jovens aspirantes a cantores têm aqui a oportunidade de se expressarem: ao som das batidas de Buda, os miúdos gritam as suas preocupações, amores e experiências ao velho microfone. Uma energia incrível solta-se. No fim dançam loucamente, riem e ouvem o seu próprio trabalho com os outros habitantes do bairro. Um novo mercado está a explodir com a nova geração.

https://vimeo.com/139527073
Oxalá Cresçam Pitangas - 30 de independência. 3 anos de paz.
Capital: Luanda. Uma cidade construída para acomodar 600.000 tem atualmente uma população de 4 milhões. Um caldeirão de pessoas de todas as províncias, que vivem realidades diferentes na mesma cidade. 


Benin

Pierre Fatumbi Verger - Um Mensageiro Entre Dois Mundos é um documentário sobre o universo dos Orixás, através da ótica do etnógrafo/fotógrafo francês que viveu entre baianos e africanos e que foi um iniciado nos segredos da religião dos dois povos. A equipe de filmagem, personificada por Gilberto Gil, seguiu os passos de Pierre na França, Bahia e África (Benin) buscando desvendar a misteriosa fi gura desse ancião que com mais de noventa anos lhes concedeu uma entrevista e um dia depois morreu.
Pierre Edouard Leopold Verger, aliás Fatumbi (4 de novembro de 1902 - 11 de fevereiro de 1996 ) foi um fotógrafo, etnógrafo autodidata, e babalaô (Yoruba sacerdote de Ifá), que dedicou a maior parte de sua vida a o estudo da diáspora Africano - o tráfico de escravos, as religiões Africano-baseadas do novo mundo, e os fluxos culturais e econômicos resultantes de e para África.

Resplendor do Gêmeo - Bright of the Twin (2016) conta a história do músico e artista Genesis Breyer P-Orridge e a artista e cineasta Hazel Colina McCarthy, que viajam  para Ouidah no Benin para explorar as origens da religião Voodoo. Genesis e sua falecida esposa Lady Jaye passaram por uma série de cirurgias plastica para se tornarem fisicamente gêmeos, no intuito de aperfeiçoar um estado de gênero neutro .
E Benin, tem a maior média nacional de gêmeos nascidos no mundo, gêmeos carregam significado sagrado e são venerados como deuses. Quando um irmão morre, o gêmeo restante lembra o outro por carregar uma pequena réplica, esculpida de seu irmão morto ou irmã. Durante as filmagens, Genesis foi  iniciado no "gêmeo Fetiche "- uma prática dentro Voodoo que homenageia gêmeos, ativando o espírito de um gêmeo morto, a fim de permitir que o sobrevivente permaneça conectado com o que já morreu. Através de uma série de sacrifícios e cerimônias, Genesis reafirma um vínculo eterno com sua falecida esposa Lady Jaye.

Camarões


Sisters in Law - Irmãs na Lei : Histórias de um Tribunal dos Camarões é um documentário de longa-metragem por Florence Ayisi e Kim Longinotto retratando aspectos da vida das mulheres e  trabalho no sistema judicial nos Camarões.O filme centra em quatro casos em Camarões envolvendo violência contra mulheres. Ele mostra as mulheres que procuram justiça. Ele também mostra imagens fortes e positivas de mulheres e crianças nos Camarões. Retrata a vida das mulheres e crianças nos Camarões vivendo de acordo com a lei islâmica (a Sharia). Além disso, os casos que são examinados dentro do filme particularmente principalmente lidar com a desigualdade das mulheres e crianças.
Procuradora da República Vera Ngassa, esquerda e Presidenta da Corte Beatrice Ntuba.
Irmãs na Lei foi exibido em mais de 120 festivais de cinema ao redor do mundo, e também em cinemas Art House na Europa e EUA. Ele ganhou muitos prêmios de cinema, incluindo o Prix Art et Essai no festival de cinema de Cannes, em Maio de 2005.

Mali

  Dolce Vita Africana é um documentário sobre o fotógrafo maliano Malick Sidibé (nascido em 1935) renomado internacionalmente, cuja as imagens fotográficas a partir do final dos anos 1950 até a década de 70; capturou o espírito despreocupado da sua geração, a sua liberdade após a independência  até um golpe islâmico, que inaugurou  anos de ditadura militar.
O cineasta viaja para o estúdio de Malick Sidibé em Bamako, Mali, para testemunhar o artista no trabalho e conhecer muitos dos assuntos de suas fotografias mais antigas, cujas histórias pessoais também contar a história do Mali.

   O Ultimo Som  Antes da Guerra - The Last Song Before the War (2011) narra a última edição  do Festival global pela paz, reconciliação e cura pelo poder da música. Apresenta: Tinariwen, Vieux Farka Toure, Tartit, Bombino, Khaira Arby, Grupo Amanar, Oumou Sangaré, Habib Koite, Bassekou Kouyaté, Leni Stern, JeConte, Banning Eyre e Bono do U2! Um filme musical premiado que captura a ascensão inspirador e futuro incerto do Festival anual do Mali no deserto. Perante o cenário de impressionantes apresentações musicais, o filme revela sutilmente os desafios e triunfos de criar um evento artístico em tais circunstâncias econômicas e políticas difíceis. Após 12 anos de sucesso e inesquecíveis momentos musicais, o Festival no Deserto chegou a um impasse em 2012, quando rebeldes separatistas e militantes islâmicos tomaram o controle do norte de Mali.

Quênia 

White Mischief -  Incontrolável Paixão (1987) é um filme britânico que dramatiza os acontecimentos do caso de assassinato de Happy Valley no Quênia em 1941, quando Sir Henry "Jock" Delves Broughton foi julgado pelo assassinato de Josslyn Hay, conde de Erroll.

Baseado em um livro do jornalista James Fox do Sunday Times (originalmente pesquisado com Cyril Connolly por um artigo em dezembro de 1969), foi dirigido por Michael Radford.
Resumo
Com grande parte do resto do mundo em guerra, vários aristocratas britânicos entediados vivem vidas dissolutas e hedonistas em uma região da Colônia do Quênia conhecida como Vale Feliz, bebendo, drogando e se entregando a assuntos sexuais decadentes para passar o tempo.
Em 24 de janeiro de 1941, Josslyn Hay, o conde fúnebre de Erroll, é encontrado morto em seu carro em um local remoto. O conde tem um passado um tanto sórdido e uma reputação merecida de ter casos com mulheres casadas.
Diana Delves Broughton é uma dessas mulheres. Ela é a bela esposa de Sir John Henry Delves Broughton, conhecido por muitos como "Jock", um homem 30 anos mais velho que ela. Diana tem um agreeimento pré-nupcial com seu marido que se algum deles se apaixonar por alguém, o outro não fará nada para impedir o romance.
Diana de fato sucumbiu aos encantos do conde de Erroll, cujos outras amantes incluem também a heroína norte-americana Alice de Janze e a mais reservada Nina Soames. O conde é mais sério sobre este caso do que qualquer um dos seus casos anteriores, e quer que Diana se case com ele. Ela está relutante em deixar o que ela acha ser sua segurança financeira, seu casamento; para formalizar seu relacionamento com o conde Erroll (que não tem fundos ou perspectivas), não sabendo que seu marido  está profundamente em dívida. Privadamente humilhado, mas aparentando honrar seu acordo, seu marido brinda publicamente o caso do casal no clube em Nairobi, pedindo ao amante para levar Diana para casa numa hora especificada. O marido Jock parece estar extremamente intoxicado pelo resto da noite; quando está sozinho, fica claro que ele estava fingindo embriaguez. Depois de levar Diana, o amante é morto a tiros em seu carro, não muito longe da casa do casal. Jock logo é acusado de assassinato do conde amante.
Diana está perturbada por perder seu amante, assim como Alice, que se masturba abertamente ao lado de seu cadáver no necrotério. Um dono de uma plantação local, Gilbert Colvile, cujo único amigo é Jock, oferece calmamente Diana consolo e, finalmente, choca-la propondo casamento.
 Jock está em julgamento. Não há testemunhas do crime ea evidência física que aparece incriminando também é circunstancial. Ele obviamente tinha o motivo e os meios, mas é encontrado inocente e o escândalo chega ao fim. De Janze está morrendo de uma overdose de drogas, e Diana descobrir mais provas que implicam seu marido na morte de seu amante. Depois de ameaçá-la com uma espingarda, Jock se mata na frente dela. O filme termina com a Diana fugindo, manchada de sangue, descobrindo que o Vale Feliz restante estava se divertindo em torno do túmulo de Janze.
Greta Scacchi como Diana Broughton, que  se casou mais duas vezes,depois desse incidente, pela primeira vez o colono do Vale Feliz, Gilbert Colville, e pela segunda vez com Thomas Cholmondeley, 4o Barão Delamere.
Joss Ackland como senhor Henry "Jock" Delves Broughton, 11o Baronet
Charles Dance como Josslyn Victor Hay, 22o Conde de Erroll (11 de maio de 1901 - 24 de janeiro de 1941)  era um nobre britânico,
Sarah Miles como Alice de Janzé, née Silverthorne or  Alice de Trafford e detentora do título nobre Comtesse de Janzé (28 de setembro de 1899 - 30 de setembro de 1941),  por alguns anos, foi uma herdeira americana que Passou anos no Quênia como membro do conjunto de colônias do Vale Feliz. Ela foi conectada com numerosos escândalos, incluindo a tentativa de assassinato de seu amante em 1927, e o assassinato de 1941 The 22nd Conde de Erroll no Quênia. Sua vida tempestuosa foi marcada pela promiscuidade, o abuso de drogas e várias tentativas de suicídio.
Susan Fleetwood como Gwladys, Lady Delamere - Lady Charles Markham or Helen Beckett (1897-1943),  foi a primeira prefeita de Nairobi de 1938 a 1940. Ela foi premiada com um CBE em 1941 para serviços públicos no Quênia. Em março de 1941, ela deu provas no julgamento
Jacqueline Pearce como Lady Myra Idina Sackville (26 de fevereiro de 1893 - 5 de novembro de 1955) foi um aristocrata Inglês e membro do colonizadores de Vale Feliz.
Hugh Grant como Hugh Cholmondeley,  Barão Delamere (28 de abril de 1870 - 13 de novembro de 1931), denominado The Honorable desde o nascimento até 1887, era um nobre britânico. Ele foi um dos primeiros e mais influentes colonos britânicos no Quênia.
Uma Lição de Vida - The First Grader (2010) é um filme biográfico de drama, dirigido por Justin Chadwick. É estrelado por Naomie Harris, Oliver Litondo e Tony Kgoroge. O filme é baseado na história verdadeira de Kimani Maruge, um agricultor do Quênia que se inscreveu na escola primária na idade de 84 anos após o anúncio do governo queniano de educação primária universal e gratuita em 2003.
A Massai Branca - Die weiße Massai, dirigido por Hermine Huntgeburth, é um filme de 2005 sobre uma mulher chamada Carola (Nina Hoss) que se  apaixonou no Quênia pelo Maasai Lemalian (Jacky Ido). O filme é baseado em um romance autobiográfico de mesmo nome da escritora alemã Corinne Hofmann. Na versão cinematográfica, os nomes foram alterados daqueles na novela.

Carola, uma mulher alemã residente na Suíça, está de férias com o namorado no Quênia. Ela se apaixona por Guerreiro Maasai Lemalian, que está vestido com a roupa de sua área. No aeroporto a caminho de casa, ela decide ficar. Acontece que Lemalian tem ido à sua aldeia natal no distrito de Samburu. Carola viaja para a área, e permanece na casa de outra mulher europeia. Lemalian ouve sobre sua estada e vem ao seu encontro. 
Eventualmente, eles começam a viver juntos.
Ela viaja para a Suíça para vender sua loja lá, prometendo Lemalian que ela ira voltar para ele. Ela faz, e eles se casam e têm uma filha. Carola compra um carro e começa uma loja. Eles perdem dinheiro na loja, porque Lemalian dá muito crédito para os amigos e vizinhos, e porque eles têm de pagar propinas para o mini-chefe. Lemalian argumenta que isso não é problema, porque ela tem mais dinheiro na Suíça...


Entre Dois Amores
Baroness Karen von Blixen-Finecke (17 Abril 1885 – 7 Setembro 1962)  Denys George Finch Hatton (24 Abril 1887 – 14 Maio 1931)  O filme é vagamente baseado no livro autobiografico " Den Afrikanske Far" da dinamarquesa Karen Blixen publicado em 1937 e se passa no Kenya.

                                 República Democrática do Congo


Lumumba (2000)  O filme é uma co-produção da França, Bélgica, Alemanha, e Haiti, dirigido por Raoul Peck . Devido à instabilidade política no Congo, no momento da filmagem, o filme foi filmado em Zimbabwe e  Moçambique. O enredo é  centrado na vida Lumumba (interpretado por Eriq Ebouaney)  nos meses anterior e posterior do pais conseguir a independência Bélgica em junho de 1960.  Como primeiro-ministro do Congo, cujo mandato no cargo durou dois meses até que ele foi expulso do escritório. Joseph Kasa-Vubu (Maka Kotto) é empossado ao lado Lumumba como o primeiro presidente do país, e juntos eles tentam impedir que o Congo sucumbir à secessão e anarquia. O filme termina com Joseph Mobutu (Alex Descas) no poder.

Patrice Émery Lumumba, nascido como Élias Okit'Asombo (2 de Julho de 1925 –  17 de Janeiro de 1961), foi um líder anti-colonial e político congolês.
Em sua curta e tumultuada carreira política, ele optou por se alinhar aos valores anti-imperialistas e do pan-africanismo, defendendo consistentemente a solidariedade entre os povos da África para além dos limites de nação, etnia, cultura, classe e gênero, encorajando a a luta não-violenta contra o colonialismo e convocando ao diálogo os países desenvolvidos e em desenvolvimento.
Fundador do Movimento Nacional Congolês (MNC), ele foi a principal liderança na luta contra a dominação colonial belga no Congo, tendo participação decisiva na libertação do seu país do jugo imperialista europeu. Foi eleito primeiro-ministro  de seu país em 1960, mas ocupou o cargo apenas por 12 semanas, pois seu governo foi derrubado por um golpe de estado liderado pelo coronel Joseph Mobutu em meio à crise política do Congo. Ao tentar fugir para o leste do país, Lumumba seria capturado algumas semanas mais tarde. Seu assassinato, que ocorreu em janeiro de 1961, teve participação do governo dos Estados Unidos e da Bélgica.

A Luta na Floresta -The Rumble in the Jungle  foi uma famosa superluta de boxe que ocorreu em 30 de outubro de 1974 (04:00 horas) em Kinshasa, Zaire ( atual República Democrática do Congo).
Era uma disputa entre o então campeão George Foreman contra o antigo campeão Muhammad Ali. O evento foi um dos primeiros realizados por Don King, que fez a luta no Zaire, pois o presidente ofereceu um generoso patrocínio para receber a luta.

Ruanda


Ruanda foi colonizada pela Belgica. Eles diziam que os Tutsis são altos e mais elegantes. Quando eles foram embora eles deixaram o poder com os Hutu .Hutu revanche.
Hotel Ruanda
É a historia de Paul, a Hutu, gerente de um hotel que vive uma vida feliz com sua mulher Tutsi e três crianças, Mas quando as forcas militares  Hutu  forca uma inicial campanha para acabar com a minoria Tutsi. Paul permiti que refugiados ocupem o hotel. Imperdível

Abril Despedaçado - Sometime in April
Este filme também trata dos 100 dias em 1994 em Ruanda onde mais de 800.000 mil pessoas foram mortas.
A historia é centrada em dois irmãos; Honore que trabalha para a radio local e Augustin, um capitão do exercito de Ruanda que é casado com uma Tutsi. Aprenda enquanto assiste, formidável.

Somalia

Flor do Deserto
A autobiografia de Waris, aos três anos de idade ela sofreu circuncisão. Ela fugiu da vila em que vivia com a família aos doze anos de idade, um dia após saber que seria obrigada por seu pai a se casar com um homem de 60 anos, do qual seria a quarta esposa. Na época, atravessou sozinha um dos desertos somalis inteiro, sofrendo com fome e sede e ficando com vários ferimentos nos pés, dos quais até hoje têm cicatrizes. Conseguiu chegar até a capital de seu país, onde encontrou a sua avó que após algum tempo conseguiu que sua neta fosse levada a Londres para trabalhar como faxineira na Embaixada da Somália. Passou a adolescência apenas trabalhando na Embaixada, sem sair da casa onde esta se localizava, por isso mal aprendera a falar o idioma inglês. Após o término de uma Guerra na Somália todos da Embaixada foram convocados a retornar ao país. Ela foge pelas ruas de Londres e com ajuda de  Mariley que tornou-se sua amiga, conseguiu emprego como faxineira em uma lanchonete. Lá, enquanto trabalhava, foi observada por Terence Donovan, um grande fotógrafo, que a lançou no mundo como modelo. Ela converteu-se numa defensora da luta pela erradicação da prática da Mutilação Genital Feminina e atualmente é embaixadora da ONU.
Waris Dirie (nascida em 1965) é uma modelo somali, escritora, atriz e ativista social. De 1997 a 2003, atuou como um embaixador especial da ONU.

Sudão


Uma Boa Mentira
Este é um filme emocionante . Um drama inspirado por eventos verdadeiros. Um dos atores no filme Emmanuel Jal disse: " Esta é a minha história, e eu represento eu mesmo. Esta é uma oportunidade de esparramar nossa voz".
O filme conta a história de 4 refugiados do Sudão , como eles fogem dos soldados quando crianças, andando centenas de milhas para um campo de refugiados, e eventualmente , mudam para os Estados Unidos, ondem eles lutam para conciliar o seu passado trágico com uma nova vida, com a ajuda de uma conselheira e funcionaria da agencia de empregos.
Bakhita
Josephine Bakhita Margaret (cerca de 1869- 08 de fevereiro de 1947) Ela pertencia ao povo Daju , na região de Dafur. O seu  seu pai bem respeitado e razoavelmente próspera era irmão do chefe da aldeia. 
Ela estava cercada por uma família amorosa de três irmãos e três irmãs; como ela diz em sua autobiografia: ". Eu vivi uma vida muito feliz e despreocupada, sem conhecer o sofrimento". Em algum momento entre a idade de sete a nove, provavelmente em  1877, ela foi sequestrada por traficantes de escravos árabes, que já tinham sequestrado sua irmã mais velha dois anos antes. Ela foi cruelmente forçada a andar com os pés descalços sobre 960 km. Ao longo de 12 anos (1877-1889), ela foi vendida mais de cinco vezes e depois doada. Diz-se que o trauma de seu sequestro levou a esquecer seu próprio nome; Bakhita, árabe para sorte, foi dada a ela pelos traficantes de escravos.  Ela também foi forçada a se converter ao Islã. Ela se tornou uma Irmã religiosa na Itália, vivendo e trabalhando lá por 45 anos. Em 2000, ela foi declarada santa pela Igreja Católica.

Uganda

O Último Rei da Escócia (2006) é um filme de drama de ficção britânica baseado no romance de Giles Foden O Último Rei da Escócia.
                                      Idi Amin interpretado por Forest Whitaker
Idi Amin Dada (c 1923-1928 - 16 de agosto de 2003) foi o terceiro presidente de Uganda, governando de 1971 a 1979. Idi Amin juntou ao regimento colonial britânico, Africano Rifle do rei, em 1946, servindo no Quênia e Uganda. Eventualmente, Idi Amin ocupou o posto de major-general do Exército ugandês pós-colonial, e tornou-se seu comandante antes de tomar o poder no golpe militar de janeiro de 1971, depondo Milton Obote. Mais tarde, ele promoveu-se ao marechal de campo, enquanto ele era o chefe de Estado.


Os Africanos Ricos:

http://www.happyfamilyinlove.com/2015/06/os-africanos-ricos-lista-de.html