Friday, June 5, 2015

A Transformação da Águia

Nós queremos viver muitos anos. Mas para chegarmos a longevidade, temos que nos renovar como a águia.
Aos quarenta anos eu me tornei uma águia humana.
Enquanto a águia, não consegue mais agarrar as pressas das quais ela se alimenta.
Eu não conseguia mais agarrar o estilo de vida que eu havia criado.
Para a águia se torna difícil voar, para mim estava difícil viver.
Então para a águia só tem duas alternativas: morrer ou enfrentar um dolorido processo de renovação que ira durar 150 dias. Este processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não precise voar. 
Eu fui morar em um apartamento cedido por um amigo no bairro de Itaim Paulista na cidade de São Paulo, sem computador, fogão, radio, telefone, televisão ou vizinhos com os quais eu pudesse conversar. Em seguida fui para cidade de Igaratá, no interior de Sao Paulo, na mesma situação

Como Cristo foi para a montanha, e o Buda para baixo de uma árvore.
O Maomé foi pra um retiro numa das cavernas do Monte Hira quando recebeu a visita de um anjo.

Eu fiquei sozinha em silêncio, por três meses.
Então apos conseguir encontrar este lugar, a águia começa a bater o bico em uma parede até conseguir arranca-lo. Apos arranca-lo, ela  espera nascer um novo bico com o que vai arrancar as suas unhas. Quando as unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas. E só apenas cinco meses ela sai para o voo da renovação.
Eu me desprendi das perdas, das lembranças enfim de todo peso do passado, que me estavam causando muita dor. A minha vida toda passou a caber dentro de uma mala.
Hoje é sábado, 30 de julho de 2005, são onze horas da noite. Estou na Galeria P. Chinatown, na cidade de Washington, D.C. esperando o trem do metro.
Eu não sei, se viverei mais 30 anos como a águia?
Porem antes eu estava me sentindo velha.
Agora ninguém acredita que tenho 41 anos. me dizem 28 anos. E eu me sinto com 21 anos.
Totalmente renovada e feliz.

No comments:

Post a Comment