Google+ Badge

Tuesday, June 23, 2015

Pessoas Falsas

Como Saber Se  Alguém Esta Mentindo, e Deixar de Ser Vitima Desses Adoráveis Mentirosos.
Eu já vivi para evitar a falsidade. Esperando que ela ocorresse.
Porque eu? Porque a história sempre se repete comigo?


Eu resolvi mudar.
Mas quando estamos no processo da mudança, ironicamente parece que ela nunca ocorrera.
Eu sempre cruzei com mulheres falsas, como se isto fosse minha sina. A culpa não era minha simplesmente ocorria.

Eu fingia não ver esta características nas mulheres, até que não era mais possível ignorar o fato.
Eu levei muito tempo me sentindo vitima, chorando as mágoas.
Depois de várias histórias de vitimismo. Eu resolvi tomar uma atitude.
Eu disse a uma mulher que gostaria de trabalhar em minha empresa, que eu não a contrataria, pois ela não sorria.

Muitas vezes mentimos para tirarmos vantagens, ou ganhamos uma recompensa que de outra maneira não ganharíamos.
Ela me implorou dizendo que trabalhar em minha empresa era o sonho dela. E que ela iria mudar, que ela iria sorrir.
Ela usou a técnica do "lowball" uma expressão em inglês usada por Robert Cialdini em seu livro "A psicologia da Persuasão". Lowball  é tatica e a capacidade de fazer uma pessoa se sentir bem com uma má escolha. Aqueles que apenas tem má escolhas para nos oferecerem, são especialmente os amantes dessa técnica.

Eu nunca entendi, porque muitas mulheres ficavam com homens que bebiam, infiéis, abusivos até eu entender a técnica de persuasão do cometimento da "lowball".
Lowball na vítima: Da- isto -e- pega de volta - isto - estratégia. As "vitimas" se tornam  comprometidas com uma escolha através de um induzimento, incentivo inicial e se tornam ainda mais dedicadas a ele após o incentivo tenha sido removido.
O homem por prometer mudar o seu comportamento, faz a mulher acreditar nisto, e depois que a mulher toma a decisão, ela fica mais devotada a ele do que antes, mesmo ele não cumprindo suas promessas. A mulher começa a se auto justificar, dizendo que agora ela vê outras qualidade nele que ela nunca viu antes.
 Um velho habito não sai pela janela.A contratei. O dano foi irreversível. Eu tive que fechar a empresa.
Os meus olhos começam a se abrir.

A minha terapeuta me perguntou:
- "Thillai tem varias mulheres no mundo, porque você continua atraindo o mesmo tipo de mulheres falsas?  Você poderia escrever uma série de livros a respeito da falsidade com as suas experiências."
Conviver com pessoas falsas e mentirosas é muito dolorido e nos toma muito energia. Uma dor acaba quando você aceita acabar com a dor.
Eu comecei a aprender coisas que até então eu não sabia.
Primeiro eu aprendi que a Mentira é um Ato Cooperativo.

Uma pessoa  mentirosa não tem poder, se ninguém concordar em acreditar na mentira dela.
Nenhuma pessoa, pode mentir para você, sem sua aprovação. Então quando: As pessoas disserem a você quem elas são, acredite nelas, na primeira vez.
Os homens mentem para aparecerem mais poderosos, interessantes, e com mais sucesso.
As mulheres mente para proteger os sentimentos de outros, ou para fazer a outra pessoa se sentir melhor a respeito delas mesmo.
Muitas vezes mentimos para criarmos uma positiva impressão  e ganharmos admiração de certas pessoas.
Para  controlamos informações e termos poder.
Para não sermos punidos ou embaraçados.
Para mantermos nossa privacidade etc...
O melhor detector de mentira é a nossa intuição.
Quando mais aprendermos como descobrir mentirosos melhor a nossa intuição se tornará.
 Uma senhora budista me disse que quando fazemos daimoku (oração budista), ninguém pode nos enganar.

Mas o que devemos observar em relação a um mentiroso?
Devemos aprender que:  O nosso corpo fala a verdade sempre.
Exemplificando: Se uma pessoa tem o quarto dedo do pé maior do que o quinto dedo, isso simboliza que esta pessoa precisa dominar nos relacionamentos dela.
Devemos ler as mensagem corporais, porque 80% da comunicação  humana não  é verbal.
O homem careca é muito critico. O  homem barrigudo guarda tudo, ele não liberta e não perdoa facilmente. E o gordo é  inseguro.
O mentiroso  se movimentara o minimo possível .
No rosto preste atenção nas micro expressões, se a pessoa pisca mais que o normal e principalmente não seja enganado pelas lágrimas.
Quando alguém esta inconfortável ou não deseja conversar. Ele talvez volta um pouco as costas, quando você se movimenta para frente, ou olha para o lado ou talvez colocara o corpo para o lado da saída.
Se a combinação  facial e expressão corporal convencer você, que a pessoa esta mentindo, não demonstre, não levante suspeita no mentiroso, deixe ele se sentir mais confidente;continue colhendo informações. Para você poder tomar uma decisão que seja correta para você.
E escute com atenção as pessoas gostam de confessar, apenas ouça com total atenção.
Os mentirosos procuram não parecerem nervosos, e não agirem diferente de como eles agem normalmente. Eles tentam parecer honesto e agem como papagaios. Muitas vezes eles usam muitas palavras para dizer nada.Ou reforçar a credibilidade deles.
Se você perguntar algo, ele tentara repetir a pergunta para você. Outras vezes ele ignorara a sua pergunta e fara em seguida uma nova pergunta a você.
Ele tentara fazer você se sentir culpada, tentando colocar você na defensiva. esperando que você deixe a pergunta inicial e comece a se defender.
Eles usam as frases como: ".. Para te dizer a verdade.." " Para ser verdadeiro..." ".. Você nunca irá  acreditar nisso..."
Todavia a verdade não precisa de defesa. Quando você é questionado para relatar um  acontecimento verdadeiro, você não precisa qualificar sua resposta.
O mentiroso usa frases religiosas:
- " Eu juro por Deus..."
-  " Somente Deus sabe porque a Maria disse aquilo a meu respeito..."
- " Por Deus eu não fiz isso..."
As pessoas honestas usam a religião para conforto pessoal e fé, não para a prova pública da honestidade deles.
Eles usam palavras que não citam eles.
Exemplos:
O mentiroso dirá: " Esta é uma casa de ferias maravilhosa. Ela é alugada o tempo todo."
O verdadeiro. " Eu penso que essa casa de ferias é maravilhosa. Eu a alugo o tempo todo."
O mentiroso fala:
- " Você precisa falar com aquela mulher a respeito da atitude dela"  (" aquela mulher - não a Edna")
- " Porque você roubou este dinheiro?"
- " Eu não peguei Nada," em vez de
- " Eu não peguei esse dinheiro."
Ele usa um discurso que trai inconscientemente os pensamentos, sentimentos, ou desejos na parte do discurso."
Ela usa uma gramática mais formal do que a pessoa normalmente usa.
A pessoa verdadeira:
- "Eu  estou neste negócio ha 40 anos anos e nunca enganei um cliente. E eu não irei começar agora."
O Mentiroso:
- " Eu não estou tentando  enganar você"
O mentiroso tenta falar mais devagar para ganhar tempo, muda o tom das sentenças, com mais erros e hesitações ("uns" "ahns") .
Ele  limpa a garganta antes de falar, por exemplo:
- " O que é que você deseja saber?"
Uma pessoa honesta quando acusado injustamente fica jangado, fica na ofensiva e demora muito tempo para deixar a magoa.
O mentiroso fica extremamente jangado na defesa e protesta culpando:
- " Eu não posso acreditar que você esta me acusando disso." Ele faz um grande show de braveza, e então fica calmo rapidamente quando acredita que convenceu você que você causou esse stress emocional  nele.
As palavras mais prováveis de ser mencionado por alguém que não pagara a divida:
                                          
Deus, dificuldade, erro, entente. eu prometo, hospital, mãe, me de uma change, por favor me ajude.                                                                                                      

Alem do nosso corpo tudo que temos, fala a verdade a nosso respeito.
Outro dia eu estava voltando de uma viagem de Nova York com um amigo no carro dele.De repente o carro começou a soltar fumaça.

Carro soltando fumaça significa que a pessoa esta tentando se esconder.
Fumar é a mesma coisa. A pessoa esta tentando esconder os verdadeiros sentimentos atras da fumaça.

Por exemplo as cores de roupa que as pessoas estão usando.
Nas festas as pessoas de preto são concorrentes, competindo pela fama, poder e riqueza.
Quando a gente entende que tudo que acontece fora é porque já esta acontecendo dentro, e adquirimos os conhecimentos necessários para interpretarmos o que vemos ou o que acontece.
Realmente ninguém consegue nos mentir. Nem nós para nós mesmo!
Eu comecei a ver coisas em minha vida que nunca tinha visto antes.
Todos os dias aprendo algo novo sobre mim, sobre as pessoas a minha volta, e sobre o mundo.
Eu comecei a entender que tudo que ocorre fora é porque já ocorre dentro.
Oh! Eu descobri  que eu era verdadeiramente falsa!
Falsidade é quando a gente não tem coragem de expor nossos verdadeiros sentimentos. A origem é o Latim FALSUS, “errado, incorreto, enganador”,  particípio passado de FALLERE,  “enganar, induzir a erro”.
Quando você quer dizer não e diz sim.
Quando sim é realmente sim?
Quando o sim vem do coração e não da cabeça.
Eu decidi não ser mais falsa. Somente ser verdadeira em relação aos meus sentimentos?
Um dia contei uma história que tinha acontecido comigo para meu amigo.
E ele me questionou.
- " Mas Thillai você me disse que só falaria a verdade!"
- "Mas eu não menti!" respondi imediatamente.
Porem o meu amigo estava certo, omitir também é falsidade.
A vida toda eu criei ilusões a respeito do bem e do mal, classificando o que seria o certo ou o que seria o errado.
E  todos os  dias, um pedacinho deste ilusório mundo desabava.
E o meu coração começava a sentir, a dor criada, pela  perda das ilusões.

Mas alguns anos com a dor da falsidade...
Até eu começar a entender que a minha falsidade era um Karma familiar.
Eu cresci numa grande família, com avós, primos, tias, tios, irmãs.Com grandes Natais, aniversários , casamentos etc...
Onde tínhamos que fazer de tudo pela união familiar.
Eu lembro de minha mãe e minhas tias, falando mal uma das outras pelas costas.
Ou escrevendo cartas para dizer como a outra pessoa era maldosa, as "macumbas".

Mas quando a família se reunia tudo era alegria e perfeição.
Mas se você quisesse confrontar alguém de frente,  você estava errada. Você queria destruir a união familiar.
Então eu fui aprendendo a ser falsa, a sorrir quando eu queria chorar.

Eu fui aprendendo a guardar as mágoas, que de tantas se tornaram ódio no meu corpo.
Eu fui engolindo sapo e engordando.
Eu fui me acostumando com a rejeição de ser quem sou.
E todas as vezes que eu quis dizer basta, eu era errada.
Mas agora, eu não quero mais jogar o jogo da falsidade.
Eu sempre  quis saber, o porque, de tudo.
E agora estou tendo varias respostas.
Agora eu estou começando a ver as pessoas que amo, como elas realmente são, e não como eu gostaria que elas fossem.
E isso me faz sentir bobinha, ignorante, frágil, insegura.
E eu fico com o medo de onde estas descobertas me levarão.
Hoje eu sei, amanhã não sei, depois de amanhã talvez.
Se alguém diz:
- " Eu te amo de verdade."
Como posso acreditar?
Porque quando as pessoas usam o termo " verdade", é porque elas estão mentindo.
E se alguém diz:
- "Eu amo você loucamente!"
O que devo pensar deste amor?
E confesso é super dolorido sair desta sintonia de falsidade.

Eu vou perder? Sim irei.
Mas eu prefiro pagar o preço da tristeza da perda; em vez de  continua atuando e competindo nesse jogo dolorido.
Ontem eu  assisti na  televisão um programa de concurso de beleza para meninas de três anos de idade.
E fiquei feliz, por julgar mas não criticar.
Eu compreendi assistindo ao programa, que todas as pessoas são "treinadas" para acreditarem no que a família, e o meio social que nascerão acreditam.
Mas também acredito que temos o poder de mudarmos nossos condicionamentos.
Hoje eu quero mudar algumas crenças do meio social que nasci; sem nenhuma culpa e dor.
Bye, Bye Cármico familiar! Bye, Bye!
Bem vinda a delicia de mudar e recomeçar!
Qual foi a sua maior desilusão com uma pessoa mentirosa? E quanto tempo você levou para se recuperar?
Quando permitimos que as pessoas sejam mentirosas conosco acabamos sendo mentirosas com os outros.
Agora eu sou verdadeira comigo mesmo e com o mundo ao meu redor.