Google+ Badge

Monday, June 29, 2015

Seja Bem Vinda a Democracia Americana

Ontem na minha classe de Gramática. O meu sério professor de inglês; o Sr. Smith trouxe uma jaqueta oficial da seleção brasileira de futebol na cor amarela!
Ele disse para nós alunos :

- " Eu vou dar essa jaqueta para um aluno que nunca faltou a minhas aulas e que veste o numero exato dessa jaqueta. Então eu darei a jaqueta para o John que nunca faltou e veste o mesmo tamanho da jaqueta.
O John era o único aluno europeu de nossa classe composta de latinos, chines e africanos.

Porem uma de nossas colegas de classe mexicana reclamou, porque ela nunca havia faltado a uma aula e também vestia o mesmo numero da jaqueta oficial da seleção brasileira de futebol.
Então o Sr. Smith seríssimo e zelador da democracia nos falou:
- " Eu farei uma rifa e a regra para participar da rifa é: Nunca ter faltado a minha aula e vestir o mesmo numero da jaqueta.

Todo os alunos que se enquadravam no perfil ditado pelo professor Smith teria que escrever o nome no quadro negro na frente da classe .
Eu não escrevi o meu nome, pois eu havia faltado um dia, para ir a um funeral.
Porem o Sr Smith me perguntou, se eu não iria colocar o meu nome no quadro. Eu pensei que ele havia mudado de ideia em relação a regra; de que os concorrentes. não poderiam ter faltado a uma aula.

Então inocentemente, eu coloquei o meu nome também no quadro negro.
O Sr Smith disse que o sorteio seria após o nosso intervalo.
Então quando retornamos do intervalo, todos nós que tínhamos os nossos nomes no quadro negro, nos encontrávamos excitadissimos, todos nós estávamos esperançosos de ganhar a jaqueta amarela do melhor time de futebol do mundo.
Todavia ao começar a competição o Sr. Smith riscou o meu nome e de outra brasileira Luciana ( nós eramos as únicas brasileiras na classe). e disse:
- "Luciana você  perdeu o meu primeiro dia de aula."
Então restaram cinco estudantes com os requezitos necessários. Eles nunca haviam faltado a uma aula e vestiam o numero da jaqueta amarela, que é minha cor predileta.

Então eu perguntei ao meu amigo peruano Carlos:
- " Carlos se você ganhara jaqueta, você me da de presente?"
- " Sim Thillai!" Então eu comecei a torcer, para o Carlos ganhar o sorteio.

O Sr, Smith foi até o quadro negro e escreveu um numero do lado de cada nome que estava no quadro negro. Depois pegou cinco papeis que ele disse conter os números. E colocou dentro de um boné. Em seguida ele pediu para a aluna colombiana Rubia pegar um papel.
A Rubia pegou um papel de dentro do boné, mas quando ela abriu o papel, o papel estava em branco.
Então o Sr Smith pegou o boné, colocou em cima da mesa dele , onde somente ele poderia ver os números e começou a abrir os papeis, nada mais de sorteio.
Ao abrir os papeis ele disse:
- Number one,
- Number five,
- number three,
e number four.

Oh! então quer dizer que o numero em branco que a Rubia pegou, era o numero dois, o numero do John.
Finalmente a jaqueta estava indo "democraticamente" para o único estudante europeu da classe.
Eu e meus colegas de classe ficamos em silêncio total com o resultado roubado.
O Sr Smith  poderia simplesmente ter dito:

- "Eu tenho uma jaqueta da seleção brasileira de futebol, que ganhei de uma professora, que ganhou de um estudante brasileiro, porem ela não quer a jaqueta e deu para mim. Que também não quero e irei dar para o John.
Afinal a jaqueta era dele. Ele nem precisaria comentar com o classe, era só dar a jaqueta para o único aluno europeu da classe.
Todos os alunos na classe ficaram excitadissimos com a possibilidade de ganhar a jaqueta.
 Mas sera que o John também ficou excitado ou ira dar a jaqueta para alguém.
O que o professor Smith, fez em classe, é o que a América faz no mundo?
Porque todos se calam para a supremacia democrática do poder?