Google+ Badge

Sunday, September 6, 2015

Os Segredos da Religião Católica Revelada em Filmes Biograficos

                                     


Freiras 

Na Igreja Católica, freira é a designação dada a uma mulher que renunciou a vida comum em sociedade e optou recolher-se em um convento ou mosteiro, passando a ter uma vida inteiramente dedicada aos serviços religiosos. As freiras são mulheres consagradas a religião, assumem os compromissos da castidade, da obediência e da pobreza por meio de votos. Geralmente as freiras desenvolvem obras de caridade, de educação a crianças e jovens, entre outros tipos de apostolado. As freiras, por norma, fazem parte de ordens ou congregações religiosas de características mendicantes.


Os últimos Passos de Um Homem  é uma co-produção estadunidense e britânica de 1995, do gênero drama, dirigida por Tim Robbins e com roteiro baseado em livro auto-biográfico de Helen Prejean sobre o seu relacionamento com Sonnier e outros condenados à morte. 
No filme, Susan Sarandon (premiada com o Oscar de melhor atriz pela performance) interpreta Prejean e Sean Penn interpreta Matthew Poncelet, personagem baseado em Elmo e em Robert Lee Willie, acusado de estuprar e matar Faith Hathaway de 18 anos em 28 de maio de 1980.
Também foi acusado de estuprar Debbie, que tinha apenas 16 anos em 1980. 
Ao receber a carta de um preso condenado à morte pelo assassinato de dois adolescentes, e tomar conhecimento das provas precárias que o levaram à condenação, uma freira passa a ser sua guia espiritual e a lutar de corpo e alma para salvá-lo da pena de morte, que seria realizada através da injeção letal.
Helen Prejean ( 21 de abril de 1939) é uma freira católica estadunidense. Irmã da ordem de São José, Helen se tornou uma das principais ativistas contra a pena de morte em seu país.
Seus esforços contra a pena de morte se iniciaram em 1981 em Nova Orleans, através das correspondências que trocava com Elmo Patrick Sonnier, sentenciado à cadeira elétrica por assassinato. Ela visitou Elmo na prisão e concordou em ser a guia espiritual dele nos meses que antecederam à sua morte. Concordou também, a pedido do condenado, em presenciar a morte dele. A experiência deu à Helen uma ótica do processo de execução nas cadeias estadunidenses. A partir de então se tornou uma ativista contra a pena de morte e também fundou a organização não-governamental Survive, que fornece acompanhamento psicológico às famílias das vítimas de violência.
Helen, desde então, foi guia espiritual de vários outros prisioneiros condenados à morte e assistiu a várias outras execuções. Ela também foi presidente da Coalizão Nacional para a Abolição da Pena de Morte  de 1993 a 1995.
O segundo livro de Helen, intitulado The Death of Innocents: An Eyewitness Account of Wrongful Executions (tradução literal: A morte de inocentes: uma testemunha ocular de execuções errôneas) foi publicado em dezembro de 2004. Nele, ela conta a história de Dobie Gillis Williams e Joseph O'Dell, dos quais foi guia durante suas respectivas execuções. Ela acredita que ambos sejam inocentes. O livro também analisa as recentes decisões da Suprema Corte dos Estados Unidos em permitir o uso da pena de morte e o recorde do governo de George W. Bush no Texas, considerado o governo que mais executou na história do estado em questão.
Em 1998, Helen recebeu o prêmio Pacem in Terris, para comemorar a encíclica de mesmo nome assinada no ano anterior pelo papa João XXIII.
Apesar de lutar mais ativamente contra a pena de morte, Helen também é contra o aborto e a eutanásia, compartilhando a mesma visão que o Vaticano.

As Irmãs Madalenas
Em 1964, três meninas adolescentes irlandeses são enviados para uma casa arcaica para "mulheres perdidas", o asilo Madalena, no entanto os seus crimes não eram criminais.
Rose (Dorothy Duffy) está grávida fora do matrimônio, Bernadette (Nora-Jane Noone) foi capturada flertando com um rapaz na escola, e Margaret (Anne-Marie Duff) é condenada por ter sido estuprada por um membro da família.
Lá, as meninas executam trabalhos forçados supervisionado por freiras cruéis, liderada pela escárnia Irmã Bridge (Geraldine McEwan) - e o sonho delas é escapar.
  Kathleen Legg Petty, uma ex trabalhadora da lavanderia Magdalene.

Deus é o Maior Elvis é um filme documentário de 2011 sobre a atriz Dolores Hart, que abandonou sua carreira de sucesso com a idade de 24 para se tornar uma freira beneditina.
Dolores Hart, (nascida em 20 de outubro de 1938) é uma freira católica romana americana beneditino que havia sido uma atriz de destaque. Dolores co-estrelou com Elvis Presley no filme  Loving You (1957).
Ela beijou Elvis neste filme. Este foi o primeiro beijo  de Elvis em um filme. Ambos Dolores e Elvis iriam se reunir no ano seguinte no filme  Balada Sangrenta.
 Ela fez dez filmes em cinco anos, tendo feito sua estréia no cinema com no início da década de 1960, ela "surpreendeu Hollywood", ao anunciar que ela iria desistir de sua carreira para entrar para um mosteiro. Mais tarde ela foi eleita Abadessa do Mosteiro de Regina Laudis em Connecticut, uma posição na qual ela serviu sua comunidade monástica por muitos anos.

Dominique é um filme de 1966 semi-biográfico americano sobre a vida de Jeanine, uma freira que gravou a canção do topo das paradas "Dominique". Ele estrelou Debbie Reynolds no papel-título.
Jeanine Deckers Jeanne-Paule Marie Deckers, (17 de outubro de 1933 – 29 de março de 1985) foi uma compositora e intérprete belga.
Entre 1959 e 1966 foi freira dominicana no convento em Waterloo. Ela atingiu a fama, em 1963, com o nome artístico de Irmã Sorriso (inicialmente sua verdadeira identidade era desconhecida) e o tema Dominique, gravado originalmente em francês e, posteriormente, uma versão mais comercial em inglês, que esteve nos primeiros lugares de vendas europeus e americanos, desbancando Elvis Presley e The Beatles no US Top 100 em 1963, ficando em 1º lugar. Após sua saída do convento, suas tentativas de gravar suas músicas novamente foram um fracasso. O Fisco belgo a intimou para que ela pagasse seus impostos atrasados referentes às vendas de seu disco (3 milhões de cópias), no entanto tudo o que fora arrecadado foi destinado ao respectivo convento que habitava (respeitando seu voto de pobreza) mas não houve recibos de doações, o que levou a um exaustivo processo que não chegou a ser concluído antes de sua morte. Os problemas financeiros e sua depressão levaram ao seu suicídio por ingestão de álcool e remédios (Barbitúrico), que também levou sua suposta companheira Annie Pécher, pois tinham um pacto de morte. As duas foram enterradas juntas.

Philomena
Ha 50 anos Philomena procura por seu filho adotado à força, e os esforços do Martin para ajudá-la a encontrá-lo.
Martin Sixsmith (nascido em 24 de Setembro de 1954) é um autor britânico e apresentador de rádio / televisão, trabalhando principalmente para a BBC. Ele também trabalhou como um conselheiro para o governo do Trabalho e da série de comédia de televisão da BBC "The Thick of It".
Philomena Lee (nascida em 24 de março de 1933) é uma mulher irlandesa cuja vida foi registrado no livro 2009 por Martin Sixsmith intitulado "The Lost Child of Philomena Lee".

Madre Teresa de Calcutá é um filme de 2003 baseado na vida de Madre Teresa, fundadora instituto religioso das Missionárias da Caridade. A estrela de cinema Olivia Hussey no papel-título, recebeu um prêmio camie em 2007.
Madre Teresa de Calcutá nasceu Agnes Gonxha Bojaxhiu (26 de agosto 1910 - 5 Setembro de 1997) foi uma freira católica albanesa. 
- "Pelo sangue, sou albanesa. Por cidadania, uma índia. Pela fé, sou uma freira católica". Madre Teresa

Irmã Dulce é um filme brasileiro de 2014 do gênero drama biográfico, sobre a vida de Irmã Dulce. Dirigido por Vicente Amorim e estrelado por Bianca Comparato e Regina Braga.
Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes mais conhecida como Irmã Dulce ( 26 de maio de 1914 —  13 de março de 1992), tendo recebido o epíteto de "o anjo bom da Bahia", foi uma religiosa católica brasileira.
Irmã Dulce ganhou notoriedade por suas obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados, obras essas que ela praticava desde muito cedo. Na juventude já lotava a casa de seus pais acolhendo doentes. Ela também criou e ajudou a criar várias instituições filantrópicas: uma das mais importantes e famosas é o Hospital Santo Antônio, que foi construído no lugar do galinheiro do Convento Santo Antônio. Hoje atende diariamente mais de cinco mil pessoas.
Irmã Dulce foi uma das mais importantes, influentes e notórias ativistas humanitárias do século XX. Suas grandes obras de caridade são referência nacional, e ganharam repercussão pelo mundo, tanto que seu nome é sempre relacionado à caridade e amor ao próximo.
 Em 2011, foi beatificada pelo enviado especial do Papa Bento XVI, Dom Geraldo Majella Agnelo, em Salvador, sendo a beatificação o último passo antes da canonização. Irmã Dulce pode se tornar a primeira Santa Católica nascida no Brasil. Em 2001, foi eleita "a religiosa do século XX", em uma eleição que foi publicada pela revista Isto É. Em 2012, foi eleita uma dos 12 maiores brasileiros de todos os tempos em pesquisa feita pelo SBT, para eleger a personalidade que mais contribuiu para o país.
Em 2014 o governador da Bahia, instituiu a data de 13 de agosto como o Dia Estadual em Memória à Bem Aventurada Dulce dos Pobres. Contudo, a data não será feriado no estado, por não ter mais vagas disponíveis no calendário local.

A Coragem de Amar é um filme de história 2000 estrelado por Vanessa Williams, que também foi a produtora.
Henriette uma mulher livre, nasceu  em uma das famílias mais importantes de Nova Orleans. A sua família achava que ela iria seguir o caminho da sua mãe e irmã e se tornar uma amante de um homem branco rico. No entanto, ela tinha planos diferentes para a sua vida.
Henriette Delille (1813-1862) foi uma freira americana que fundou a ordem Católica Romana das Irmãs da Sagrada Família, em Nova Orleans, que foi composta de mulheres livres. A ordem prestou cuidados de enfermagem e um lar para órfãos, mais tarde,  estabelece  escolas também.
Em 1988, a Ordem abriu formalmente a causa com a Santa Sé da canonização de Henriette Delille. Ela foi declarada Venerável em 2010 pelo Papa Bento XVI.

Bakhita
 Josephine Bakhita Margaret (cerca de 1869- 08 de fevereiro de 1947) foi um ex-escrava sudanêsa  que se tornou uma da Irmã religiosa na Itália, vivendo e trabalhando lá por 45 anos. Em 2000, ela foi declarada santa pela Igreja Católica. Ela nasceu em cerca de 1869 na região sudanesa de Darfur. Ela pertencia ao povo Daju prestígio;  seu pai bem respeitado e razoavelmente próspera era irmão do chefe da aldeia. 
Ela estava cercada por uma família amorosa de três irmãos e três irmãs; como ela diz em sua autobiografia: ". Eu vivi uma vida muito feliz e despreocupada, sem saber o sofrimento". Em algum momento entre a idade de sete a nove, provavelmente em fevereiro de 1877, ela foi sequestrada por traficantes de escravos árabes, que já tinham sequestrado sua irmã mais velha dois anos antes. Ela foi cruelmente forçada a andar com os pés descalços sobre 960 km. Ao longo de 12 anos (1877-1889), ela foi vendida mais de cinco vezes e depois doada. Diz-se que o trauma de seu sequestro levou a esquecer seu próprio nome; ela tomou um dado a ela, pelos traficantes de escravos, Bakhita, árabe para sorte. Ela também foi forçada a se converter ao Islã.

A Canção de Bernadete é um filme norte-americano de 1943, dirigido por Henry King. Estrelado por Jennifer Jones e Linda Darnell e baseado no romance homônimo de Franz Werfel.
Em 1858, na França, a camponesa Bernadette Soubirous tem visões da Virgem Maria em Lourdes — local de peregrinação católica até hoje.

       Mulheres Mártires que se Tornaram Santas


 A Paixão de Joana d'Arc é um filme mudo francês de 1928. O roteiro é baseado nos documentos históricos do julgamento de Joana e reconhecido mundialmente como um marco na história do cinema. O primeiro filme interpretado por Renée Jeanne Falconetti.

Joana D'Arc é  um filme estadunidense de 1948, com Ingrid Bergman como Joana d'Arc


Joana d'Arc / A mensageira  é um filme francês de 1999,  dirigido por Luc Besson.
Joana d'Arc cognominada "A Donzela de Orleans"(ca. 1412  – 30 de maio de 1431),  é uma heroína francesa e santa da Igreja Católica. É a santa padroeira da França e foi uma chefe militar da Guerra dos Cem Anos, durante a qual tomou partido pelos armagnacs, na longa luta contra os borguinhões e seus aliados ingleses. Foi executada pelos borguinhões em 1431. Camponesa, modesta e analfabeta, foi uma mártir francesa e também heroína de seu povo, canonizada em 1920, quase cinco séculos depois de ter sido queimada viva em um auto de fé.
Shakespeare retratou-a como uma bruxa; Voltaire escreveu um poema satírico, ou pseudo-ensaio histórico, em que a ridicularizava, intitulado "A Donzela de Orleans".
Depois da Revolução Francesa, o partido monárquico reavivou a lembrança da boa lorena, que jamais desistiu do seu rei. Joana foi recuperada pelos profetas da "França eterna", em primeiro lugar pelo grande historiador romântico Jules Michelet. O alemão Schiller fez dela a heroína da sua peça de teatro A empregada doméstica de Orleans , publicada em 1801. Em 1870, quando a França foi derrotada pela Alemanha, evento que leva à ocupação da Alsácia e da Lorena pelas tropas alemãs, "Joana, a pequena pastora, um pouco ingênua", tornou-se a heroína do sentimento patriótico francês. Republicanos e nacionalistas exaltaram aquela que deu a sua vida pela pátria. Durante a primeira fase da Terceira República, no entanto, o culto a Joana d'Arc esteve associado à direita monarquista, da qual era um dos símbolos, como o rei Henrique IV, sendo todavia mal vista pelos republicanos.
A Igreja Católica francesa propôs ao Papa Pio X a sua beatificação, que se realizou em 1909, num período dominado pela exaltação do nacionalismo e pelo repúdio ao não nacional, principalmente ao que provinha de Inglaterra ou da Alemanha. O gesto do Papa teve como propósito político fazer a Igreja de França entrar em sintonia política com os dirigentes anticlericais da III República, e só com a Primeira Guerra Mundial, de 1914 a 1918, Joana deixa de ser uma heroína exclusiva da direita. A partir desse período os "postais patrióticos" mostram Joana à cabeça dos exércitos e monumentos seus aparecem como cogumelos por toda a França. O Parlamento francês estabelece uma festa nacional em sua honra no 2º domingo de maio.
Em 9 de maio de 1920, cerca de 500 anos depois de sua morte, Joana d'Arc foi definitivamente reabilitada, sendo canonizada pelo Papa Bento XV, como Santa Joana d'Arc. A canonização traduzia o desejo da Santa Sé de estabelecer laços com a França republicana, laica e nacionalista. Em 1922 foi declarada padroeira de França.

Maria Goretti (2003)  
Maria Goretti (16 de outubro de 1890 - 06 de julho de 1902) é uma virgem mártir italiano da Igreja Católica Romana, e ela é uma das mais jovens santos canonizados. Ela nasceu na Itália numa família de agricultores, mas o aumento da pobreza obrigou a família a se mudar, quando ela tinha apenas seis anos. O seu pai morreu quando ela tinha nove anos, e a família teve que dividir uma casa com outra família. Ela assumiu as tarefas domésticas de sua mãe, enquanto sua mãe e o resto da família trabalhavam nos campos. Uma tarde, Alessandro, o filho da família Serenelli, fez avanços sexuais com ela, mas quando ela se recusou a submeter a ele, porque isso seria um pecado mortal, ele a esfaqueou quatorze vezes.
Ela foi levada para o hospital, mas ela morreu depois de perdoá-lo. Ele foi prontamente preso. Depois de três anos, ele se arrependeu, e quando finalmente libertado da prisão, ele visitou sua mãe implorando perdão, que ela prontamente concedeu. Mais tarde, ele se tornou um irmão leigo em um mosteiro, eventualmente, morreu pacificamente em 1970. Ela foi beatificada em 1947 e canonizada em 1950. A sua mãe frequentou ambos cerimônias.

Um tempo para Milagres - A Time For Miracles (1980) é um  filme que narra a história de vida da primeira santa cidadã da América. O filme foi dirigido por Michael O'Herlihy.
Sinopse
Elizabeth  é uma socialite de Nova York episcopal bem casada e mãe de cinco filhos, cuja vida se virou depois que seu marido, William Seton, morre de tuberculose em Itália depois de seu negócio de transporte falir. Como uma viúva com cinco filhos, ela abre uma pequena escola em um esforço para sustentar a si e sua família.
Ela decide se converter ao catolicismo, para o protesto e desgosto de seus amigos e familiares. Como um pária social, ela é deixada com nada para que ela e suas filhas se refugiaram em Baltimore. Sob a asa de John Carroll, o primeiro bispo católico norte-americano, ela abre uma escola, estabelece uma rotina religiosa e leva os votos religiosos, tornando-se, assim, `Mãe Seton '. Eventualmente, ela, sua filha, e uma banda de mulheres jovens que se juntaram a ela chocalho oeste, em um vagão coberto para o campo.  Onde, em uma dieta inicial de carne de porco salgada e café cenoura, ela configura uma escola e um convento para ela irmandade crescente, Irmãs da Caridade. Ela morre de consumo em 46.
Isabel Ana Seton em inglês Elizabeth Ann Bayley Seton (28 de agosto de 1774 - 04 de janeiro de 1821 foi a primeira cidadã natural dos Estados Unidos da América a ser canonizada pela Igreja Católica e fundadora das Irmãs da Caridade.
Em 14 de março de 1805, tornando-se instrutora com o objetivo de oferecer instrução a seus filhos. Ela tinha a visão de que todas as crianças têm o direito a uma educação gratuita. Por isso, com esse objetivo, funda em 1808, uma escola católica para meninas em Emmitsburg, Maryland, e a primeira comunidade religiosa de mulheres católicas apostólicas do Estados Unidos (a Congregação das Irmãs da Caridade de São José), em 1812[1] , em Baltimore.
Apesar de não satisfazer o requisito de quatro milagre para se tornar um santo, Mãe Seton foi canonizado em 1975.
Padres
Padre: homem que recebeu ordenação sacerdotal; sacerdote secular ou regular.

Molokai - A Historia do Padre Damien
Damiaan ou Heilige Damiaan van Molokai nascido Jozef De Veuster ( 03 de janeiro de 1840 - 15 de abril, 1889), foi um padre católico da Bélgica e membro da Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e Maria, um instituto religioso missionário. Ele ganhou reconhecimento por seu ministério no reino de Hawaii para pessoas com hanseníase (também conhecida como doença de Hanse, que haviam sido colocados sob uma quarentena médica sancionado pelo governo, na ilha de Molokai.


Depois de dezesseis anos cuidando das necessidades físicas, espirituais e emocionais das pessoas na colônia de leprosos, ele finalmente contratou e morreu da doença, resultando em sua caracterização como um "mártir da caridade". Ele foi a décima pessoa reconhecida como santo pela Igreja Católica de ter vivido, trabalhado, e /ou morreram no que é hoje os Estados Unidos.
Tanto no rito latino e nos ritos orientais da Igreja Católica, ele é venerado como um santo, um que é santo e digno de veneração pública e invocação. Na Comunhão Anglicana, bem como outras denominações do cristianismo, Damien é considerado o patrono espiritual para hanseníase e párias. Como o santo padroeiro da Diocese de Honolulu e do Havaí, dia de pai Damien é comemorado em todo o estado em 15 de abril. Após a beatificação do Papa João Paulo II em Roma, em 4 de junho de 1995, o Beato Damien foi concedido um dia de festa memorial, que é comemorado em 10 de maio Pai Damien foi canonizado pelo Papa Bento XVI no domingo, 11 de outubro de 2009.  A Enciclopédia Católica chama de "o apóstolo dos leprosos»  e em outros lugares, ele é conhecido como o "leproso sacerdote "

Livrai-nos do mal é um documentário americano de 2006, dirigido por Amy J. Berg, que explora a vida de padre católico Oliver O'Grady, que admitiu ter molestado e estuprado cerca de 25 crianças no norte da Califórnia entre final de 1970 e início de 1990.  O filme ganhou o prêmio de Melhor Documentário no Los Angeles Film Festival 2006 e foi nomeado para um Oscar de Melhor Documentário.
O filme narra anos de Oliver como um sacerdote no norte da Califórnia, onde ele cometeu seus crimes. Depois de ter sido condenado por abuso sexual infantil e servido sete anos de prisão, Oliver foi deportado para a sua terra natal Irlanda. Amy entrevistou-o lá em 2005 para o filme. Além disso, o filme apresenta documentos do estudo, depoimentos gravados em vídeo e entrevistas com ativistas, teólogos, psicólogos e advogados.
 Ele mostra que autoridades da Igreja estavam conscientes dos crimes de Oliver, e que à igreja tomou medidas para escondê-los e protegê-lo .
Oliver O'Grady (nascido em 05 de junho de 1945) é um padre católico irlandês  que estuprou, molestou e abusou de pelo menos 25 crianças na Califórnia a partir de 1973.

Reviravolta da Fé é um documentário americano 2004 dirigido por Kirby Dick sobre um homem que enfrenta a Igreja Católica sobre o abuso que sofreu quando era adolescente.

                                             Padre Denis Gray
O filme centra-se em Tony, um bombeiro de Toledo, Ohio, que foi abusado sexualmente por um padre católico quando ele era um estudante de quatorze anos de idade em uma escola católica. Sentindo-se envergonhado, Tony guardou segredo por quase 20 anos, mas foi forçado a confrontar seu passado depois de descobrir que o sacerdote, Dennis Gray, estava morando na mesma rua que ele, sua esposa, e seus dois filhos pequenos. Tony decidiu ir a público e abrir uma ação judicial contra os líderes do padre e da Igreja que tinham negligenciado o abuso sexual do padre .
O filme também  uma cena em que Tony explica seu abuso a sua filha de nove anos de idade.
O filme também apresenta entrevistas com vários outros homens que tinham sido abusados pelo padre, e estes sobreviventes reunidos para discutir suas lutas contínuas.
Outras cenas incluem o padre Dennis, em que ele evita responder a acusações de abuso e encobrimento. O confronto de Tony com sua mãe sobre sua decisão de se posicionar pela Igreja Católica, e a visita de Tony a uma conferência realizada pela Rede de Sobreviventes de Abusados ​​por Padres ( SNAP).

Com os Braços Abertos é um filme de 1938 drama biográfico baseado na obra do Pai Edward J. Flanagan com um grupo de meninos carentes e inadimplentes em uma casa que ele fundou e com o nome "Boys Town". É estrelado por Spencer Tracy como Pai Edward.
Dom Edward Joseph Flanagan (13 de julho de 1886 - maio 15 1948) era um sacerdote de origem irlandesa da Igreja Católica  nos Estados Unidos. Ele fundou o orfanato conhecido como Boys Town, que agora serve também como um centro para jovens problemáticos.

Minha Máxima Culpa. Silencio na Casa de Deus
O cineasta Alex Gibney  examina relatórios de pedofilia dentro da Igreja Católica Romana, focalizando especificamente em um grupo de homens que alegam que eles foram abusados como meninos por um padre em uma escola de surdos. O documentarista Alex  co analisa o abuso de poder no sistema Igreja Católica através da história de quatro homens surdos - Terry Kohut, Gary Smith, Pat Kuehn e Arthur Budzinski - que partiram para expor o sacerdote que os abusaram durante meados dos anos 1960. Cada um dos homens produziu o primeiro caso conhecido de protesto público contra o abuso sexual clerical, que mais tarde criara o caso escândalo sexual conhecido como o caso Lawrence Murphy. Através de seu caso, o filme segue um encobrimento que segue o seu caminho das casas geminadas da cidade,  até as igrejas da Irlanda, e para o mais alto cargo do Vaticano.

                                       Padre Lawrence Murph
Lawrence Murphy era um padre que ensinava na antiga St. John Escola para Surdos no subúrbio de  São Francisco de 1950 a 1974. Acredita-se que tenha molestado até 200 meninos surdos antes de meados de 1970.  agências de aplicação da lei local, incluindo o Departamento de Polícia de Milwaukee, o St. Francis polícia, e o Procuradoria do distrito, foram informados do abuso em 1974 por graduados adultos da Escola St. John para o surdo, mas expressou dúvidas sobre a credibilidade das alegações e o estatuto de limitações, e não fez nada .
Então o arcebispo da cidade William Cousins ​​ deu uma licença de ausência em 1974 e permitiu-lhe para ir para casa de sua mãe em  Wisconsin, que é na diocese de Superior. William ​​não disse ao Bispo Superior a razão de Lawrence não estava vivendo na cidade.


Padre Pio Homem de Milagres
  Francesco Forgione (25 de maio de 1887 - 23 de setembro de 1968) recebeu o nome de Pio de Pietrelcina, quando ele se juntou aos capuchinhos, conhecido como Padre Pio. Foi um frade, padre, estigmatizada e místicos da Ordem Romana Católica dos Frades Menores Capuchinhos. Padre Pio se tornou famoso por suportar os estigmas para a maioria de sua vida. Esta condição gerou muito interesse e controvérsia em torno dele. Ele é agora venerado como um santo na Igreja Católica.
Depois de sua beatificação, em 1999, ele foi canonizado pelo Papa João Paulo II em 16 de junho de 20.
Palavra e Utopia é um filme português de 2000 dirigido pelo cineasta Manoel de Oliveira que conta a trajetória de Padre António Vieira.
Padre Antônio Vieira (Lisboa, 6 de fevereiro de 1608 — Salvador, 18 de julho de 1697) foi um religioso, filósofo, escritor e orador português da Companhia de Jesus.
Uma das mais influentes personagens do século XVII em termos de política e oratória, destacou-se como missionário em terras brasileiras. Nesta qualidade, defendeu incansavelmente os direitos dos povos indígenas combatendo a sua exploração e escravização e fazendo a sua evangelização. Era por eles chamado de "Paiaçu" (Grande Padre/Pai, em tupi).
Ele defendeu também os judeus, a abolição da distinção entre cristãos-novos (judeus convertidos, perseguidos à época pela Inquisição) e cristãos-velhos (os católicos tradicionais), e a abolição da escravatura. Criticou ainda severamente os sacerdotes da sua época e a própria Inquisição.
Na literatura, seus sermões possuem considerável importância no barroco brasileiro e português. As universidades frequentemente exigem a sua leitura.
Anchieta, José do Brasil é um filme brasileiro de 1977, dirigido por Paulo Cesar Saraceni.
São José de Anchieta  ( 19 de março de 1534 —  9 de junho de 1597) foi um padre jesuíta espanhol,  e um dos fundadores da cidade brasileira de São Paulo.
Beatificado em 1980 pelo papa João Paulo II e canonizado em 2014 pelo papa Francisco, é conhecido como o Apóstolo do Brasil, por ter sido um dos pioneiros na introdução do cristianismo no país. Em abril de 2015 foi declarado copadroeiro do Brasil.
Manuel da Nóbrega ( 18 de outubro de 1517 —  18 de outubro de 1570) foi um sacerdote jesuíta português, chefe da primeira missão jesuítica à América. As cartas enviadas a seus superiores são documentos históricos sobre o Brasil colônia e a ação jesuítica no século XVI.

Monges
Monge: religioso que vive comunitariamente num mosteiro, alternando orações e trabalho em sua rotina.

O Grande Silêncio  é um documentário dirigido por Philip Gröning, que foi lançado em 2005. É um retrato íntimo da vida quotidiana dos monges cartuxos da Grande Chartreuse, um mosteiro no alto dos Alpes franceses (Chartreuse Montanhas). A idéia para o filme foi proposto para os monges em 1984, mas os cartuxos disseram que queriam tempo para pensar sobre isso. Eles responderam 16 anos mais tarde para dizer que eles estavam dispostos a permitir-lhe  filmar o filme se ele ainda estava interessado. Philip, em seguida, veio sozinho para viver no monastério, para um total de seis meses em 2002 e 2003. Ele filmou e gravou por conta própria, sem usar luz artificial. Em seguida, ele passou dois anos e meio editando o filme. O corte final não contém nem o comentário falado nem efeitos sonoros adicionados. É composto de imagens e sons que retratam o ritmo da vida monástica, intercaladas com seleções de rotulo da Sagrada Escritura.
 Os monges cartuxos amaram o filme.
Philip Gröning (nascido em 07 de abril de 1959) é um diretor alemão, documentarista, e roteirista. Ele foi criado na Alemanha e EUA, mas também viajou extensivamente. Ele estudou medicina e psicologia antes de começar no cinema com alguma atuação. Em 1986 ele começou a fazer seus próprios filmes.


O Irmão Joseph e a Gruta (2013) conta o "verdadeiro conto de fadas" do irmão Joseph Zoettl.
O pequeno monge corcunda bávara que construiu Ave Maria Grotto, uma cidade em miniatura de materiais reciclados na floresta Alabama de São Abbey Bernard.

                                                             Arcebispos
Arcebispo: ecles bispo que, investido de maiores poderes e atribuições, é responsável por determinada arquidiocese e, eventualmente, por uma ou mais dioceses, tendo geralmente outros bispos sob sua autoridade; arquiepíscopo, metropolitano, metropolita.

Salvador 
O filme conta a história do jornalista americano Richard Boyle cobrindo a Guerra Civil de El Salvador, que se envolve com as duas guerrilhas esquerdistas e os militares de direita. O filme é muito simpático para com os revolucionários de esquerda e fortemente crítico do militar apoiado pelos EUA, com foco no assassinato de quatro religiosas americanas, incluindo Jean Donovan, (10, april1953 –  2,dezembro 1980) e o assassinato do arcebispo Óscar Romero ( 15/08/1917 - 24/03/1980) por um esquadrão da morte. 

Papas
Papa: O chefe supremo da Igreja católica; o Sumo Pontífice, o Santo Padre.

Karol: Um homem que se tornou Papa é uma minissérie de TV(2005) dirigido por Giacomo Battiato, e criado como um projeto de cooperação conjunta. polonês-italiano-francês-alemão e canadense.
Karol Józef Wojtyła (18 de maio de 1920 - 2 de abril de 2005), serviu como papa de 1978 a 2005. Ele foi eleito pelo segundo conclave papal de 1978, que foi chamado depois que o Papa João Paulo I, que foi eleito em agosto, após a morte do Papa Paulo VI, morreu depois de trinta e três dias. Então cardeal Wojtyla foi eleito no terceiro dia do conclave e adotou o nome de seu predecessor em homenagem a ele. Nos os anos desde sua morte, João Paulo II foi declarado santo pela Igreja Católica Romana. Ele é conhecido pelos católicos romanos como Papa Saint John Paul II ou São João Paulo, o Grande, por exemplo, como um nome para instituições.

As Cartas Secretas do Papa
As cartas que o Papa escreveu para uma mulher casada, uma filósofa de origem polonesa Anna-Teresa Tymieniecka, traz uma nova luz sobre sua vida emocional.
Anna-Teresa Tymieniecka foi uma grande colecionadora, e ela parece ter mantido tudo relativo a sua amizade de 32 anos com João Paulo. Após sua morte, um enorme esconderijo de fotografias foi encontrado entre seus pertences. Estamos acostumados a ver Joao Paulo na roupa papal formal, em meio a grandeza do Vaticano, e aqui está ele nas pistas de esqui, vestindo shorts em um acampamento do lado do lago, e, na velhice.
Ainda mais revelador é o arquivo de letras que Anna-Teresa Tymieniecka vendeu para a Biblioteca Nacional da Polónia em 2008. Estes foram mantidos longe da vista do público, até que foram mostrados para a BBC.
                          Cardeal Wojtyla e Anna-Teresa Tymieniecka em um acampamento em 1978
Quando os dois se encontraram em 1973, o Cardeal Karol Wojtyla - como ele era então - foi o Arcebispo de Cracóvia. Anna-Teresa Tymieniecka era polonêsa por nascimento, e, como ele, tinha sofrido a experiência lancinante da ocupação nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Depois da guerra, ela deixou de estudar no exterior e, eventualmente, prosseguiu uma carreira acadêmica como filosofá nos Estados Unidos, onde se casou e teve três filhos.
Ms Tymieniecka e o Papa João Paulo II no Vaticano
 Ela teve grande influencia filosófica no Papa, eles escreveram um livro juntos, mas quando ele se tornou Papa o nome dela foi retirado e publicado como sendo somente do Papa.



Papa Francisco - O pecador
Papa Francis tem sido aclamado como um revolucionário desde a sua eleição ao papado em 2013, mas enfrenta uma tarefa assustadora: a reforma simultaneamente a problemática Igreja Católica e mantê-lo de cair aos pedaços. Por meio de entrevistas em primeira mão com amigos, contemporâneos e estudantes, o documentário Papa Francisco explora como um jesuíta argentino e auto-descrito "pecador" chamado Jorge Mario Bergoglio se tornou a figura mais poderosa no catolicismo, e como ele está trabalhando para modernizar uma igreja em crise.