Google+ Badge

Thursday, May 12, 2016

Olfato

Olfato: Hormônios chamados feromônios que influenciam as sensações de dor e prazer, e eles são transmitidos como odores no ambiente.
As nossas emoções influenciam a concentração desses hormônios no nosso corpo, e nos libertamos no ambiente como resultado do estado emocional que vivenciamos. Se estamos agitados ou co medo, liberamos fenomenismo de medo e agitação no ar, e as pessoas ao seu redor sentem e reagem a isso em algum nível, ou tem atmosfera de carinho tomamos consciência através do sentindo do olfato. os estados emocionais podem ser diretamente influenciados pelo sentido olfato.
Use os aromas em casa.
Como no caso das emoções básicas, a resposta imediata aos odores transmite uma mensagem simples e binária: ou se gosta ou não se gosta; fazem-nos aproximar ou evitar. E verifica-se que, quando uma pessoa sofre um trauma que a faz perder o olfato, o impacto se torna por vezes devastador: as experiências de fazer amor ou mesmo passear numa manhã primaveril ficam extremamente diminuídas. E há casos em que se verifica que há uma diminuição de intensidade mesmo em todas as experiências emocionais.

As memórias que incluem lembrança de odores têm tendência para ser mais intensas e emocionalmente mais fortes. Um odor que tenha sido encontrado só uma vez na vida pode ficar associado a uma única experiência e então a sua memória pode ser evocada automaticamente quando voltamos a reencontrar esse odor. E a primeira associação feita com um odor parece interferir com a formação de associações subsequentes. É o caso da aversão a um tipo de comida. A aversão pode ter sido causada por um mal estar que ocorreu num determinado momento apenas por coincidência, nada tendo a ver com o odor em si; e, no entanto, será muito difícil que ela não volte sempre a aparecer no futuro associada a esse odor.