Sunday, February 21, 2021

Famosos Professores Revelados em Filmes Biográficos II (J-M)

21- Professor Jim Ellis  



Orgulho - Pride  a história verdadeira do treinador de natação de Filadélfia James "Jim" Ellis ( nascido em 1948).  O filme foi dirigido por Sunu Gonera.
                                                Terrence Howard como Jim Ellis 
O filme é centrado em Jim e o zelador rabugento, mas cuidadoso Elston (Bernie Mac)
 Os dois têm uma curta rivalidade antes de se tornarem bom amigos. Isto é 1974, e não é fácil para Jim encontrar emprego, mesmo com nível universitário. Enquanto luta para encontrar algo melhor, Jim, um ex-nadador competitivo, está trabalhando no decrépito centro de recreação, que inclui uma piscina em ruínas, operado pelo Departamento de Recreação de Filadélfia. 
Um dia, Jim convida um grupo de adolescentes que acabaram de ser lançados fora da quadra de basquete no quintal do Centro, para um mergulho. Ele sente que eles, poderiam tornar-se grandes nadadores. Quando a equipe adquire Willie (Regine Nehy), uma nadadora mais talentosa do que qualquer um dos meninos, as perspectivas de competir contra equipes muito mais experientes começam a melhorar. 
Os Protegidos de Jim incluem Michael Norment, o primeiro nadador negro na equipe nacional dos EUA. O seu programa na piscina  enviou nadadores para as provas de natação para cada equipe olímpica dos EUA desde 1992. 
Em maio de 2007, Jim recebeu o Prêmio do Presidente do International Natação Hall da Fama. 

22- Professor/Treinador Jim White


McFarland, EUA (2015) é um filme de drama esportivo americano dirigido por Niki Caro. Baseado na história verídica de uma equipe de corrida de 1987, de uma escola principalmente Latina em McFarland, Califórnia.
James "Jim" White (nascido em 1942) é um treinador de corrida em pista e campo  americano, de uma antiga escola secundária em McFarland l. De 1980 a 2003, sua equipe ganhou nove campeonatos estaduais nas divisões III e IV, bem como inúmeros títulos menores. Jim White começou a ensinar no distrito escolar, depois de se formar pela Universidade em 1964. Ele ensinou assuntos diferentes em vários níveis de ensino, antes de iniciar sua carreira de treinador em 1980.

23- Professor/Treinador Jimmy Morris, Jr.
Desafio do Destino - The Rookie (2002)
O filme é baseado na história verídica James "Jimmy" Samuel Morris, Jr. (nascido em 19 de janeiro de 1964), que teve um breve, mas famosa carreira Major League Beisebol em 1999-2000.
Jimms Morris foi interpretado por Dennis Quaid
Incapaz de fazer qualquer coisa de sua carreira, ele retirou-se para se tornar um professor de ciência física e treinador de beisebol numa escola secundária do Texas.Enquanto treinador de beisebol em 1999, ele fez uma promessa a sua equipe que ele iria tentar a liga maior de Beisebol, se sua equipe ganhasse o Campeonato Distrital, algo que a equipe nunca tinha conseguido antes. A sua equipe ganhou o título, e ele manteve sua parte no trato, participando de um jogo do Tampa Bay. O batedor não estava interessado em Jim, mas deu-lhe uma oportunidade apenas para deixar ele cumprir a sua promessa aos seus jogadores. Surpreendentemente,  apesar de sua idade, e ter várias cirurgias no braço, ele foi capaz de lançar 12 consecutivos fastballs 98 mph. E em 1999, ele começou a lançar numa liga maior. Ele fez 16 principais jogos do campeonato em 2000, durante a qual os seus problemas braço retornou. Sua última aparição foi em 9 de maio de 2000, no  Yankee Estadio. 
Ele lançou sua autobiografia. Ele agora se tornou palestrante motivacional, e atualmente recebe US $ 9000- $ 15.000 para cada aparência. 

24- Diretor Joe Louis Clark


Meu Meste, Minha vida - Lean on Me (1989)
 O filme conta historia do diretor Joe Louis Clark (07/05/ 1938) enquanto ele era diretor da escola secundaria no Estado de Nova Jersey nos Estados Unidos.
 Ele também é o pai das atletas  Olímpicas Joetta Clark Diggs e Hazel Clark Riley, é o padastro da atleta olímpica Jearl Miles Clark.

25- Professor  John Forbes Nash Jr

Uma Mente Brilhante - A Beautiful Mind (2001)
O filme é baseado na vida de:
 John Forbes Nash Jr, (13/06/1928 - 23/05/2015) foi um professor,  matemático norte-americano com contribuições fundamentais na teoria dos jogos, geometria diferencial, e equações, diferenciais parciais. Ele compartilhou o Premio de Ciências Econômicas em Memoria de Alfred Nobel no ano de 1994 com Reinhard Selten e John  Harsany. 
Uma mente Brilhante venceu quatro estatuetas do Oscar e é  baseado no livro biográfico hormônio e mostra a luta do John contra esquizofrenia enquanto ele estava na Universidade de Princeton.

26- John Thomas Scopes 

O Vento Será Tua Herança (1960) é um filme estadunidense. Dirigido por Stanley Kramer,  é uma parábola que ficcionaliza um caso real ocorrido em 1925, 
O julgamento Scopes, formalmente conhecido como O Estado de Tennessee v.  John Thomas Scopes   ("O Julgamento do Macaco"), como um meio de discutir o então vigente macartismo . J. Lawrence e Robert E. Lee escreveu a história em 1951. Foi refilmado em 1965,1988 e 1999. 
Em 1900,  nasceu em uma fazenda no Kentucky John Thomas Scopes. John era o quinto filho e único filho.
 Em 1917, mudou-se para Illinois, onde foi membro da turma de 1919 na Salem High School.
Ele frequentou a Universidade de Illinois por um breve período antes de sair por motivos de saúde.
Em 1924, ele se formou na University of Kentucky, com especialização em direito e especialização em geologia.
John mudou-se para Dayton, onde se tornou treinador de futebol da Rhea County High School, e ocasionalmente serviu como professor substituto.
Tentativas
Em 5 de maio de 1925, John foi acusado  de violar a Lei Butler do Tennessee, que proibia o ensino da evolução humana nas escolas do Tennessee.
Um grupo de empresários em Tennessee, liderado pelo engenheiro e geólogo George Rappleyea, apontou que, embora a Lei Butler proibisse o ensino da evolução humana, o estado exigia que os professores usassem o livro designado, Hunter's Civic Biology (1914), que incluía um capítulo sobre evolução. 
George argumentou que os professores eram essencialmente obrigados a infringir a lei.
O caso terminou em 21 de julho de 1925, com um veredicto de culpado, e John foi multado em $ 100 (aproximadamente $ 1.460 em 2020). O caso foi apelado para a Suprema Corte do Tennessee. Em uma decisão de 3 a 1 escrita pelo Chefe de Justiça Grafton Green, a Lei Butler foi considerada constitucional, mas o tribunal anulou a condenação de Scopes porque o juiz determinou a multa em vez do júri.
Os resultados do Julgamento o afetou profissional e pessoalmente. Sua imagem pública foi ridicularizada na animação, desenhos animados e outras mídias nos anos seguintes. O próprio John se afastou dos olhos do público e concentrou sua atenção em sua carreira.
John matriculou-se na escola de pós-graduação da Universidade de Chicago para terminar seus estudos em geologia.
Após a formatura, ele foi "barrado"  de oportunidades de carreira no Tennessee.
Em 1930 ele e sua esposa se mudaram para Kentucky. 
Em 1932, John tentou uma carreira política  como um congressista de Kentucky, e sofreu uma derrota. John  atuou como especialista em petróleo para a United Production Corporation. Lá, ele trabalhou no Texas, até 1940, e mais tarde em Shreveport, Louisiana, onde permaneceu até sua morte. 
Em 1955, o julgamento foi transformado em uma peça. 
Em 1960, uma versão em filme
Em  1967, John escreveu Center of the Storm: Memoirs of John T. Scopes. A Lei Butler foi revogada no mesmo ano.
John morreu em 21 de outubro de 1970, de câncer em Shreveport, aos 70 anos. 

27- Professor John Wand                                                   

Pai Calouro - O Amor de um Pai
 Drew é um estudante calouro, indo para a faculdade, que descobre que sua namorada está grávida. Ele se casam e depois de dois anos se separa e  deixa a criança com o pai e, agora, ele deverá aprender a lidar, ao mesmo tempo, com suas responsabilidades acadêmicas e com o dever de pai, ou então encarar a perda de sua bolsa escolar e de seu futuro.
Na foto abaixo o verdadeiro pai John Wand com o filho na sua formatura.
John Wand "Se você pensar sobre a vinda de Idaho, o estigma social em torno de uma gravidez na adolescência era maior na época," John disse ao Boston Herald . Era também uma época em que o conceito de "pai solteiro" era em grande parte desconhecido para muitos americanos.  Apesar toques do cinema de Hollywood e partes diferentes de eventos reais, John disse q que o filme iria mostrar as pessoas em situações semelhantes que pode haver finais felizes. "Eu tive uma vida muito maravilhosa", disse John, que em 1983 casou-se com a colega Beverly Patton (MBA '81) e hoje é professor adjunto de finanças da Seton Hall University.
28- Professor/Treinador Kenny Ray Carter

 Treino para a Vida - Coach Carter  (2005)
O dono de uma loja de artigos esportivos Kenny Ray, aceita ser o técnico de basquete de sua antiga escola que fica em uma área pobre da cidade. Para surpresa de muitos ele impõe um rígido regime, em que os alunos que queriam participar do time tinham de assinar um contrato que incluía um comportamento respeitoso, modo adequado de se vestir e ter boas notas em todas as matérias. A resistência inicial dos jovens acaba e o time sob o comando de Carter vai se tornando imbatível. Quando o comportamento do time fica muito abaixo do desejável Carter descobre que muitos dos seus jogadores estão tendo um desempenho muito fraco nas salas de aula. Assim Carter toma uma atitude que surpreende o time, o colégio e a comunidade.O documentário abaixo mostra os reais personagens do filme.
Kenny Ray Carter (nascido em 13 de fevereiro de 1959) é um empresário americano, um ativista educação e ex-treinador de basquete da escola. kenny Carter frequentou a faculdade em São  Francisco, em seguida, Contra Costa College, e, finalmente, a Universidade George Fox, onde jogou basquete.

29- Professora LouAnne Johnson

 Mentes Perigosas - Dangerous Mind (1995)
Uma ex-oficial da marinha, abandona a vida militar para realizar um antigo sonho de ser professora de inglês. Só que logo na primeira escola em que começa a lecionar, ela vai se deparar com diversas barreiras. Sendo um colégio de negros, latinos, e na maioria de pessoas pobres, ela irá acabar tendo que enfrentar a fúria de alguns alunos. Como ela não consegue através de métodos convencionais a atenção da sua classe, ela parte para outra forma de ensino. Passa a dar aulas com karatê e músicas do Bob Dylan, tentando ajudar a turma através de métodos pouco convencionais. 
Ela escreveu sete livros biográficos, e um deles se tornou este filme.
LouAnne Johnson é uma escritora, professora e aposentada da Marinha Americana.
30 - Professora Maria Montessori 
                                   MARIA MONTESSORI EDUCAÇÃO E VIDA (2007)
Em 31 de agosto de 1870 nasceu na Itália. Maria Montessori. O seu pai, Alessandro Montessori, era oficial do Ministério das Finanças, trabalhando na época numa fábrica de tabaco estatal. A sua mãe, Renilde Stoppani, era bem educada para a época.
Os seus pais desejavam que ela seguisse a carreira de professora.
Indo contra as expectativas familiares, inscreveu-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Roma.
Em 1896, se- tornou uma das primeiras mulheres a formar-se em medicina na Itália.Após sua formatura, não pode exercer a funcao de médica, pois na época não se admitia uma mulher examinando o corpo de um homem.
Em 1897 , Maria montessori iniciou um trabalho com crianças com necessidades especiais na clínica da universidade.
Em 31 de março de 1898, nasceu seu único filho - um filho chamado Mario Montessori (31 de março de 1898 - 1982).  Mario Montessori nasceu de seu caso de amor com Giuseppe Montesano, um colega médico que foi co-diretor com ela da Escola Ortofrênica de Roma. Se Montessori se casasse, esperava-se que ela deixasse de trabalhar profissionalmente. Em vez do casamento, Maria Montessori decidiu continuar seu trabalho e estudos. maria Montessori queria manter em segredo o relacionamento com o pai de seu filho, sob a condição de que nenhum dos dois se casasse com outra pessoa. Quando o pai de seu filho foi pressionado pela família a fazer uma conexão social mais vantajosa e posteriormente se casou, Maria Montessori ficou se sentindo traída e decidiu deixar o hospital universitário. Ela foi forçada a colocar seu filho aos cuidados de uma ama de leite que vivia no campo, desesperada por perder os primeiros anos de sua vida. Mais tarde, ela se reuniu com seu filho na adolescência, onde ele provou ser um grande assistente em sua pesquisa.
Em 1899, Maria Montessori foi nomeada conselheiro da recém-formada Liga Nacional para a Proteção de Crianças Retardadas e foi convidado a dar palestras sobre métodos especiais de educação para crianças com deficiência intelectual na escola de formação de professores do Colégio de Roma. Naquele ano, ariaMontessori empreendeu uma turnê nacional de palestras de duas semanas para audiências lotadas perante figuras públicas proeminentes. Ela entrou para o conselho da Liga Nacional e foi nomeada professora de higiene e antropologia em uma das duas faculdades de formação de professores para mulheres na Itália.   Maria Montessori se tornou membro da Seção Europeia da  Sociedade Teosófica - embora sua filiação acabasse eventualmente. 
Em 1900, a Liga Nacional abriu a Scuola Magistrale Ortofrenica, ou Escola Ortofrênica, um "instituto médico-pedagógico" para treinar professores na educação de crianças com deficiência mental com uma sala de aula de laboratório anexa. Maria  Montessori foi nomeado co-diretor. 64 professores matriculados na primeira classe, estudando psicologia, anatomia e fisiologia do sistema nervoso, medidas antropológicas, causas e características da deficiência mental e métodos especiais de instrução. Durante seus dois anos na escola, Maria Montessori desenvolveu métodos e materiais que mais tarde adaptou para usar com crianças regulares.
A escola foi um sucesso imediato, atraindo a atenção de funcionários do governo dos departamentos de educação e saúde, líderes cívicos e figuras proeminentes nas áreas de educação, psiquiatria e antropologia da Universidade de Roma. As crianças na sala de aula modelo foram retiradas do asilo e das escolas normais, mas foram consideradas "não educadas" devido às suas deficiências. Algumas dessas crianças, mais tarde, passaram em exames públicos dados às chamadas crianças "normais".
Em 1901, Maria Montessori deixou a Escola Ortofrênica e seu consultório particular.
Em 1902, ela matriculou-se no curso de filosofia da Universidade de Roma. Ela estudou filosofia teórica e moral, história da filosofia e psicologia como tal, mas não se formou. Ela também buscou estudos independentes em antropologia e filosofia educacional, conduziu observações e pesquisas experimentais em escolas primárias e revisitou o trabalho de Itard e Séguin, traduzindo seus livros para o italiano manuscrito. Durante esse tempo, ela começou a considerar a adaptação de seus métodos de educação de crianças com deficiência mental à educação regular.
 Em 1902, Maria Montessori apresentou um relatório em um segundo congresso pedagógico nacional em Nápoles. 
Em 1903, ela publicou dois artigos sobre pedagogia. 
Em 1904, ela conduziu pesquisas antropológicas com crianças italianas, e  foi qualificada como professora livre de antropologia na Universidade de Roma. Ela foi nomeada para lecionar na Escola Pedagógica da Universidade e continuou no cargo até 1908.
Em 1906, Maria Montessori foi convidada para supervisionar o cuidado e a educação de um grupo de filhos de pais trabalhadores em um novo prédio de apartamentos para famílias de baixa renda. 
Em 6 de janeiro de 1907,  a primeir Casa dei Bambini, ou Casa das Crianças, 
 foi inaugurada ,matriculando 50 ou 60 crianças com idades entre dois ou três e seis ou sete anos.
Maria Montessori implementou uma série de práticas que se tornaram marcas de sua filosofia e método educacional. Ela substituiu os móveis pesados ​​por mesas e cadeiras infantis leves o suficiente para as crianças se moverem e colocou os materiais infantis em prateleiras baixas e acessíveis. Ela expandiu a gama de atividades práticas, como varredura e cuidados pessoais, para incluir uma ampla variedade de exercícios para cuidar do meio ambiente e de si mesma, incluindo arranjos de flores, lavagem das mãos, ginástica, cuidados com animais de estimação e cozinhar.
Ela também incluiu grandes seções ao ar livre na sala de aula, incentivando as crianças a ir e vir quando quiserem nas diferentes áreas e aulas da sala. Em seu livro, ela descreve um típico dia de aulas de inverno, começando às 09h00 e terminando às 16h00:
9–10. Entrada. Saudações. Inspeção quanto à limpeza pessoal. Exercícios de vida prática; ajudando uns aos outros a tirar e vestir os aventais. Examinando a sala para ver se tudo está limpo e em ordem. Idioma: Período de conversação: as crianças relatam os acontecimentos do dia anterior. Exercícios religiosos.
10-11. Exercícios intelectuais. Aulas objetivas interrompidas por curtos períodos de descanso. Nomenclatura, exercícios dos sentidos.
11-11: 30. Ginástica simples: movimentos comuns feitos graciosamente, posição normal do corpo, caminhar, marchar em linha, saudações, movimentos para chamar a atenção, colocação de objetos graciosamente.
11: 30-12. Almoço: Oração curta.
12-1. Jogos livres.
1–2. Jogos dirigidos, se possível, ao ar livre. Nesse período as crianças mais velhas, por sua vez, realizam os exercícios da vida prática, limpar o quarto, tirar o pó, colocar o material em ordem. Inspeção geral de limpeza: Conversa.
2-3. Trabalho manual. Modelagem de argila, design, etc.
Maria Montessori começou a fazer experiências com materiais de ensino para escrever e ler - cartas recortadas de lixa e montadas em placas, letras recortadas móveis e cartões ilustrados com etiquetas. Crianças de quatro e cinco anos de idade se envolveram espontaneamente com os materiais e rapidamente adquiriram proficiência em escrita e leitura muito além do que era esperado para sua idade. Isso atraiu mais atenção do público para o  seu trabalho 
3-4. Ginástica coletiva e cantos, se possível ao ar livre. Exercícios para desenvolver a premeditação: Visitar e cuidar de plantas e animais.
Ela sentiu que, trabalhando de forma independente, as crianças poderiam atingir novos níveis de autonomia e se tornar automotivadas para alcançar novos níveis de compreensão. Maria Montessori também passou a acreditar que reconhecer todas as crianças como indivíduos e tratá-las como tais resultaria em um aprendizado melhor e na realização do potencial de cada criança em particular. 
Ela continuou a adaptar e refinar os materiais que havia desenvolvido anteriormente, alterando ou retirando exercícios que eram escolhidos com menos frequência pelas crianças. Com base em suas observações, Maria Montessori experimentou permitir às crianças a escolha livre dos materiais, trabalho ininterrupto e liberdade de movimento e atividade dentro dos limites impostos pelo ambiente. Ela começou a ver a independência como o objetivo da educação, e o papel do professor como um observador e diretor do desenvolvimento psicológico inato das crianças. 
Em 1908, mais três Case dei Bambini foram inaugurados. 
Em 1909, o trabalho de Montessori começou a atrair a atenção de observadores e visitantes internacionais. Seu trabalho foi amplamente publicado internacionalmente e se espalhou rapidamente.
A Suíça italiana começou a substituir os métodos Froebellianos pelos Montessori em orfanatos e jardins de infância. Maria Montessori realizou o primeiro curso de formação de professores em seu novo método em Itália. No mesmo ano, ela descreveu suas observações e métodos em um livro intitulado Il Metodo della Pedagogia Scientifica Applicato All'Educazione Infantile Nelle Case Dei Bambini (O Método de Pedagogia Científica Aplicada à Educação de Crianças em Casas de Crianças)
Em 1910, as suas aulas foram impressas como um livro intitulado Antropologia Pedagógica. Mais dois cursos de treinamento foram realizados em Roma.
Em 1911, a educação Montessori foi oficialmente adotada em escolas públicas na Itália e na Suíça e foi planejada para o Reino Unido. Um terceiro curso em Milão. A reputação e o trabalho de Maria Montessori começaram a se espalhar internacionalmente. Naquela época, ela desistiu de sua prática médica para se dedicar mais tempo ao trabalho educacional, desenvolvendo seus métodos e treinando professores. O trabalho de Montessori foi popular e amplamente divulgado nos Estados Unidos, especialmente em uma série de artigos na revista McClure. A primeira escola Montessori norte-americana foi inaugurada em Nova York. O inventor Alexander Graham Bell e sua esposa se tornaram defensores do método e uma segunda escola foi aberta em sua casa canadense.  O Método Montessori vendeu rapidamente em seis edições. 
Em 1912, escolas Montessori abriram em Paris e em muitas outras cidades da Europa Ocidental, e foram planejadas para a Argentina, Austrália, China, Índia, Japão, Coréia, México, Suíça, Síria, Estados Unidos e Nova Zelândia. Os programas públicos em Londres, Joanesburgo, Roma e Estocolmo adotaram o método em seus sistemas escolares. As sociedades Montessori foram fundadas nos Estados Unidos (o Montessori American Committee) e no Reino Unido (a Montessori Society for the United Kingdom).
 Em 1913, o primeiro Curso Internacional de Treinamento foi realizado em Roma, patrocinado pelo Comitê Montessori Americano, e 67 dos 83 alunos eram dos Estados Unidos. 1913,  um estudante indiano. Havia mais de 100 escolas Montessori no país. Maria Montessori viajou para os Estados Unidos, em uma turnê de palestras de três semanas que incluiu filmes de suas salas de aula europeias, encontrando-se com grandes e entusiastas multidões onde quer que ela viajasse. 
Em 1914,  foram lançadas as edições alemã, japonesa e romena. Maria Montessori publicou, em inglês, Doctor Montessori's Own Handbook, um guia prático para os materiais didáticos que ela havia desenvolvido. 
Em 1915, as edições foram editadas em espanhol. Maria Montessori voltou aos Estados Unidos, para demonstrar seu trabalho na Exposição Internacional do Panamá-Pacífico na Califórnia, e para dar um terceiro curso de treinamento internacional. Uma sala de aula com paredes de vidro foi instalada na Exposição, e milhares de observadores vieram para ver uma classe de 21 alunos. O pai de Montessori morreu em novembro  e ela voltou para a Itália. E fixou residência em Barcelona, ​​na Espanha. Nos 20 anos seguintes, Montessori viajou e deu palestras pela Europa e ministrou vários cursos de treinamento de professores. A educação Montessori experimentou um crescimento significativo na Espanha, Holanda, Reino Unido e Itália.
Em 1916, as edições foram editadas holandês  e Embora Montessori e sua abordagem educacional fossem populares nos Estados Unidos, ela teve oposição e controvérsia. O educador progressista influente William Heard Kilpatrick, um seguidor do filósofo e reformador educacional americano John Dewey, escreveu um livro desdenhoso e crítico intitulado The Montessori Method Examined, que teve um amplo impacto. A National Kindergarten Association também foi crítica. Os críticos acusaram o método de Montessori de ser desatualizado, excessivamente rígido, excessivamente dependente do treinamento dos sentidos e que deixava muito pouco espaço para imaginação, interação social e brincadeira.  Além disso, a insistência de Montessori em um controle rígido sobre a elaboração de seu método, o treinamento de professores, a produção e o uso de materiais e o estabelecimento de escolas tornou-se uma fonte de conflito e controvérsia. Depois que ela saiu em 1915, o movimento Montessori nos EUA se fragmentou, e a educação Montessori foi um fator insignificante na educação nos EUA até 1952. 
Em 1917, o seu livro foi m traduzido para o  dinamarquês. Maria Montessori publicou seu trabalho elementar em L'autoeducazionne nelle Scuole Elementari (Auto-educação na escola primária), que apareceu em inglês como O Método Montessori Avançado. Maria Montessori lecionou em Amsterdã, e a Sociedade Holandesa Montessori foi fundada
Em 1919 ela se demitiu de seu cargo na Universidade de Roma, pois seu trabalho educacional estava absorvendo cada vez mais todo o seu tempo e interesse.  Maria Montessori foi pela primeira vez à Inglaterra e ministrou um curso internacional de formação que foi recebido com grande interesse. A educação Montessori continuou a se espalhar no Reino Unido, embora o movimento tenha passado por algumas das lutas sobre autenticidade e fragmentação que ocorreram nos Estados Unidos. Maria Montessori continuou a dar cursos de treinamento na Inglaterra a cada dois anos até o início da Segunda Guerra Mundial
 Em 1920, o movimento de independência catalã começou a exigir que Maria Montessori tomasse uma posição política e fizesse uma declaração pública em favor da independência catalã, e ela recusou. O apoio oficial foi retirado de seus programas. Ela voltou  para  Amsterdã, para dar uma série de palestras na Universidade de Amsterdã. Os programas Montessori floresceram na Holanda 
Em 1922, Maria Montessori foi convidada a ir à Itália em nome do governo para ministrar um curso de palestras e posteriormente inspecionar escolas montessorianas italianas. Mais tarde naquele ano, o governo fascista de Benito Mussolini chegou ao poder na Itália. Em dezembro, Montessori retornou à Itália para planejar uma série de cursos anuais de treinamento sob patrocínio do governo.
Em 1923, o ministro da educação Giovanni Gentile expressou seu apoio às escolas Montessori e ao treinamento de professores na Italia. Montessori lecionou em Viena, e
Em 1924, uma nova ditadura militar fechou a escola modelo Montessori em Barcelona, ​​e a educação Montessori declinou na Espanha, embora Barcelona continuasse sendo o lar de Montessori. Maria Montessori encontrou-se com Mussolini, que estendeu seu apoio oficial à educação Montessori como parte do programa nacional.  Um grupo pré-guerra de apoiadores Montessori, a Societa gli Amici del Metodo Montessori (Sociedade de Amigos do Método Montessori) tornou-se a Opera Montessori (Sociedade Montessori) com uma carta do governo.
Em 1926 Mussolini foi nomeado presidente honorário da organização.  A Montessori Society of India foi formada. 
Em 1927, Mussolini estabeleceu uma faculdade Montessori de treinamento de professores. O Metodo foi traduzido para o gujarati e o hindi 
 Em 1929, o governo italiano apoiou uma ampla gama de instituições Montessori. O poeta indiano Rabindranath Tagore fundou muitas escolas "Tagore-Montessori" na Índia, e o interesse indiano na educação Montessori foi fortemente representado no primeiro Congresso Montessori Internacional foi realizado em Elsinore, Dinamarca, em conjunto com a Quinta Conferência da New Education Fellowship. Neste evento, Montessori e seu filho Mario fundaram a Association Montessori Internationale ou AMI "para supervisionar as atividades das escolas e sociedades em todo o mundo e para supervisionar a formação de professores."  A AMI também controlava os direitos de publicação dos Montessori's obras e produção de materiais didáticos Montessori autorizados. Os primeiros patrocinadores do AMI incluíram Sigmund Freud, Jean Piaget e Rabindranath Tagore
Em 1930, Montessori e o governo italiano entraram em conflito por causa de apoio financeiro e questões ideológicas, especialmente após as palestras de Montessori sobre Paz e Educação. 
Em 1932, Montessori falou sobre Paz e Educação no Segundo Congresso Montessori Internacional em Nice, França. Esta palestra foi publicada pelo Bureau International d'Education, Genebra, Suíça.  Montessori discursou no International Peace Club, em Genebra, Suíça, sobre o tema Paz e Educação
 Em 1933, ela pediu demissão da Opera Montessori sob a Segunda República Espanhola, um novo curso de treinamento foi patrocinado pelo governo e o apoio governamental foi restabelecido. 
Em 1934, ela deixou a Itália. O governo italiano encerrou as atividades Montessori no país.  Ela publicou dois livros na Espanha, Psicogeometrica e Psicoarithemetica.  
Em 1935, a sede da Association Montessori Internationale, ou AMI, mudou-se definitivamente para Amsterdã.
Em 1936, as suas palestras foram publicadas como Il Bambino in Famiglia, publicada em inglês, como The Child in the Family. com o início da Guerra Civil Espanhola e as condições políticas e sociais levaram Maria e seu filho Mario Montessori, deixarem Barcelona para a Inglaterra e logo se mudaram para Laren, perto de Amsterdã. Maria e seu filho Mario continuaram a desenvolver novos materiais, incluindo os cilindros sem botões, os símbolos gramaticais e os cartões de nomenclatura botânica.  Haviam mais de 200 escolas Montessori no Holanda. 
Em 1937, no contexto de tensões militares crescentes na Europa, Montessori voltou cada vez mais sua atenção para o tema da paz. O 6º Congresso Internacional Montessori foi realizado com o tema "Educação para a Paz", e Montessori clamou por uma "ciência da paz" e falou sobre o papel da educação da criança como uma chave para a reforma da sociedade. 
 Em 1938, Montessori foi convidada à Índia pela Sociedade Teosófica para dar um curso de treinamento. Ela deixou a Holanda com seu filho e colaborador Mario. O movimento teosófico, motivado para educar os pobres da Índia, foi atraído para a educação Montessori como uma solução. 
Em 1939, Os seus dircursos sobre Paz e Educação em Genebra, Bruxelas, Copenhague e Utrecht,  foram publicadas em italiano como Educazione e Pace, e em inglês como Education and Peace. Ela deixou a Holanda com seu filho e colaborador Mario. Montessori deu um curso de treinamento na Sociedade Teosófica em Madras, e tinha a intenção de fazer uma turnê de palestras em várias universidades e, em seguida, retornar à Europa.
Em 1940 a Itália entrou na Segunda Guerra Mundial ao lado da Alemanha, a Grã-Bretanha internou todos os italianos no Reino Unido e suas colônias como estrangeiros inimigos. Mario Montessori foi internado, enquanto a própria Montessori foi confinada ao complexo da Sociedade Teosófica, e Mario se reuniu com sua mãe depois de dois meses. Os Montessoris permaneceram em Madras e Kodaikanal. Durante seus anos na Índia, Montessori e seu filho Mario continuaram a desenvolver seu método educacional. O termo "educação cósmica" foi introduzido para descrever uma abordagem para crianças de seis a doze anos que enfatizava a interdependência de todos os elementos do mundo natural. As crianças trabalharam diretamente com plantas e animais em seus ambientes naturais, e os Montessoris desenvolveram aulas, ilustrações, gráficos e modelos para uso com crianças do ensino fundamental. Foi criado material para botânica, zoologia e geografia. 
Entre 1942 e 1943 esses elementos foram incorporados a um curso avançado para o trabalho com crianças de seis a doze anos. Este trabalho resultou em dois livros: Education for a New World e To Educate the Human Potential. Enquanto estava na Índia, Montessori observou crianças e adolescentes de todas as idades e se voltou para o estudo da infância. 
Em 1944, os Montessoris conseguiram alguma liberdade de movimento e viajaram para o Sri Lanka.
Ela deu uma série de 30 palestras sobre os primeiros três anos de vida e um curso de treinamento reconhecido pelo governo no Sri Lanka.
Em 1945, Montessori participou da primeira Conferência All India Montessori em Jaipur.
Em 1946, com o fim da guerra,  aos 76 anos de idade, Montessori retornou a Amsterdã e passou os seis anos seguintes viajando pela Europa e Índia. Ela deu um curso de treinamento em Londres.
Em 1947 abriu um instituto de treinamento em Londres, o Montessori Centre. Após alguns anos, este centro tornou-se independente de Montessori e continuou como Centro de Treinamento de São Nicolau. Ela retornou à Itália para restabelecer a Opera Nazionale Montessori e deu mais dois cursos de treinamento. Ela voltou à Índia e deu cursos em Adyar e Ahmedabad. Esses cursos deram origem à primeira edição em inglês do livro The Absorbent Mind, que se baseou em anotações feitas pelos alunos durante os cursos. Durante esses cursos, Montessori descreveu o desenvolvimento da criança desde o nascimento e apresentou seu conceito dos Quatro Planos de Desenvolvimento. 
Em 1948, Il Metodo della Pedagogia Scientifica Applicato all'educazione infantile nelle Case dei Bambini foi revisado novamente e publicado em inglês como The Discovery of the Child. 
Em 1949 ela deu um curso em Karachi, Paquistão e a Associação Paquistanesa Montessori foi fundada.  Montessori retornou à Europa e participou do 8º Congresso Internacional Montessori em Sanremo, Itália, onde uma sala de aula modelo foi demonstrada. No mesmo ano, foi estabelecido o primeiro curso de treinamento para o nascimento até os três anos de idade, denominado Scuola Assistenti all'infanzia (Escola Montessori para Assistentes de Infância). Ela foi indicada para o Prêmio Nobel da Paz. Montessori também foi premiado com a Legião de Honra Francesa, Oficial da Ordem Holandesa de Orange Nassau, e recebeu um Doutorado Honorário da Universidade de Amsterdã. As suas paletras em Sri Lanka, foram coletadas, no livro: O que você deve saber sobre seu filho
Em 1950 ela visitou a Escandinávia, representou a Itália na conferência da UNESCO em Florença, apresentada no 29º curso internacional de treinamento em Perugia, deu um curso nacional em Roma, publicou uma quinta edição do Il Metodo com o novo título La Scoperta del Bambino (The Discovery da Criança), e foi novamente nomeado para o Prêmio Nobel da Paz. 
Em 1951 ela participou do 9º Congresso Internacional Montessori em Londres, deu um curso de treinamento em Innsbruck, foi nomeada pela terceira vez para o Prêmio Nobel da Paz.
Montessori esteve diretamente envolvida no desenvolvimento e fundação do Instituto de Educação da UNESCO. Ela esteve presente na primeira reunião preliminar do Conselho de Administração da UNESCO em Wiesbaden, Alemanha,  e fez um discurso.  Ela usou o discursoo como uma oportunidade para redobrar sua defesa dos direitos da criança - a quem frequentemente se referia como o "cidadão esquecido" ou "cidadão negligenciado" - declarando: "Lembre-se de que as pessoas não começam aos vinte, dez ou seis anos, mas ao nascer. No esforço de resolver os problemas, não esqueçam que as crianças e os jovens constituem uma vasta população, uma população sem direitos que está a ser crucificada nos bancos das escolas por toda a parte, que - por tudo isso falamos de democracia, liberdade e direitos humanos - é escravizado por uma ordem escolar, por regras intelectuais, que lhe impomos. Nós definimos as regras que devem ser aprendidas, como devem ser aprendidas e com que idade. A população infantil é a única população sem direitos. A criança é o cidadão abandonado. Pense nisso e tema a vingança dessa população. Pois é sua alma que estamos sufocando. São os vívidos poderes da mente que estamos oprimindo, poderes que não podem ser destruídos sem matar o indivíduo, poderes que tendem para a violência ou a destruição, ou escapam para o reino da doença, como o Dr. Stern tão bem elucidou. " "na verdade, o [ A Declaração Universal dos Direitos Humanos parece ser exclusivamente dedicada à sociedade adulta. "
Em 6 de maio de 1952, Maria Montessori morreu de hemorragia cerebral, aos 81 anos na Holanda. 
As escolas Maria Montessori e Montessori apareceram em moedas e notas da Itália e em selos da Holanda, Índia, Itália, Maldivas, Paquistão e Sri Lanka.  Em 2020, a Time nomeou Montessori como uma das 100 melhores mulheres do ano, um desdobramento de seu prêmio de Pessoa do Ano.

31- Professora Marilyn Gambrell
Lutando contra as probabilidades: A história de Marilyn Gambrell é um filme de TV de 2005. Ela foi interpretada por Jami Gertz
Marilyn Gambrell é uma oficial de liberdade condicional que se tornou professora que iniciou o programa No More Victims no M.B. Smiley High School em Houston, Texas. O programa foi desenvolvido para ajudar crianças com pais encarcerados, na esperança de evitar que sigam os passos de seus pais. Desde o início do programa em 1993, centenas de crianças se formaram sob sua gestão.
Marilyn Gambrell também é autora de uma série de livros intitulada Cherish the Child Within, um currículo usado por educadores, profissionais e assistentes sociais, e recentemente concluiu uma série de livros para colorir intitulada My Feelings Are Real.
32- Professora Marva Collins
História de Marva Collins - The Marva Collins story (1981) Diretor Peter Levin.
Marva Delores Collins (31 de agosto de 1936 - 24 de junho, 2015) era uma educadora americana que em 1975 começou a Westside Escola Preparatória num bairro pobre de Chicago. Ela é famosa por aplicar educação clássica com sucesso com os alunos pobres, muitos dos quais tinham sido indevidamente rotulados como dificuldade de aprendizagem por escolas públicas. Ela uma vez escreveu: "Eu descobri alguns aprendizagem dos alunos com deficiência nas minhas três décadas de ensino. Tenho, no entanto, descobriu muitas, muitas vítimas de incapacidades de ensino.
Prêmios:
1981: Jefferson Awards de Serviço Público - Prémio para o grande Serviço Público beneficiando o desfavorecido 
2004: National Endowment for the Humanities - National Humanities medalhista Alpha Kappa Alpha - Membro honorário da fraternidade Alpha Kappa Alpha.

33- Professor Melvin B Tolson

O Grande Debate - The Great Debaters (2007)Diretor: Denzel Washington. Escritores: Robert Eisele (roteiro), Robert Eisele (história) 
Estrelas: Denzel Washington, Forest Whitaker, Kimberly Elise.
O filmes conta a jornada do brilhante, mas volátil, Professor Melvin B. Tolson (06/02/1898 - 29/08/1966) que usa seus métodos pouco convencionais, a sua visão política e o poder das suas palavras para motivar um grupo de alunos do Wiley College do Texas, a participar de um campeonato de Harvard.
Em 06 de Fevereiro de 1898, nasceu Melvin B. Tolson, foi um americano modernista poeta, educador, colunista, e um político. Seu trabalho concentrou-se na experiência dos afro-americanos e inclui vários poemas históricos longos.
Legado e Honras 
Fellowship para a Universidade de Columbia, 1930-1931
Em 1947, Liberia o chamou seu poeta laureado.
Em 196 ele foi, eleito para o conselho livro-review New York Herald Tribune, e o Distrito de Columbia presenteou-o com uma citação e Prêmio de Realização Cultural nas Belas Artes.  Concessão do Instituto Nacional.
Em 1966, ele recebeu o prêmio anual de poesia da Academia Americana de Artes e Letras.
Em  29 de agosto Melvin morreu.
Em 1970, a Universidade Langston fundou o Black Heritage Centro Melvin B. Tolson.
Em 2004, ele foi introduzido postumamente em Oklahoma Hall da Fama do Ensino Superior.

Mais Professores Famosos: https://www.happyfamilyinlove.com/2021/02/famosos-professores-em-filmes.html


No comments:

Post a Comment